Meteorologia

  • 21 JULHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Bolsonaro é recebido por apoiadores em Goiânia: 'sou o ex mais amado do Brasil', diz

"Eu sou o ex mais amado do Brasil", disse em cima de um carro de som, ovacionado por seus apoiadores.

Bolsonaro é recebido por apoiadores em Goiânia: 'sou o ex mais amado do Brasil', diz
Notícias ao Minuto Brasil

06:45 - 16/07/23 por Estadao Conteudo

Política Goiás

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) foi recebido por uma aglomeração de apoiadores em Goiânia, capital de Goiás, ao sair de uma clínica de odontologia nesta sexta-feira, 14. Aos gritos de "mito", tirou fotos, abraçou crianças e falou ao público; "eu sou o ex mais amado do Brasil", disse em cima de um carro de som, ovacionado por seus apoiadores.

Por causa da quantidade de manifestantes concentrados em frente ao Alphaville Flamboyant, o condomínio de luxo onde Bolsonaro visitou seu dentista, o ex-presidente contou com ajuda da polícia para chegar ao carro de som do qual falou com os apoiadores que compareceram.

De cima do veículo, agradeceu a presença, afirmou que "enquanto estiver vivo" estará "à disposição do País" e disse que "todos vocês sabem o que aconteceu no ano passado".

Inelegível depois de condenação pelo TSE, Bolsonaro atualmente é presidente de honra do PL e não deixou claro se indicará um sucessor para tomar seu lugar nas próximas eleições. Enquanto diferentes políticos da direita tentam se cacifar para ocupar esse vácuo, o ex-presidente chegou a afirmar, em entrevista à Rádio Jovem Pan no início de julho, que não está fora do jogo. "Eu estou na UTI. Não morri ainda. Não é justo alguém já querer dividir o meu espólio", afirmou.

O encontro de Bolsonaro com apoiadores nesta sexta fez parte de uma agenda maior em Goiânia, que contou com visita ao governador do Estado, Ronaldo Caiado (União Brasil), no Palácio das Esmeraldas, durante o almoço. Estiveram presentes também o deputado federal Gustavo Gayer (PL-GO) e o ex-deputado Major Vitor Hugo (PL-GO).

'Momento não programado'

Tanto Bolsonaro quanto seus aliados classificaram a recepção em Goiânia como um ato espontâneo dos apoiadores. O próprio ex-presidente disse, em discurso, que é "uma satisfação estar aqui em um momento não programado". Mais cedo, no entanto, Gayer postou vídeo fazendo convocação e programando o ato. Na publicação, ele dá o lugar e o horário para a população encontrar Bolsonaro para "tirar uma foto, conhecer, tomar um caldo de cana com o 'presidente'". Depois, o deputado postou um vídeo da aglomeração dizendo que "Bolsonaro só foi no dentista e depois saiu pra comer um pastel e tomar um caldo de cana em Goiânia".

Leia Também: Ex-diretor da PRF vai ao STF contra quebra de sigilo, e Barroso dá 48 h para CPI explicar

Campo obrigatório