Meteorologia

  • 15 SETEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Alexandre Frota se desculpa com Túlio Gadêlha por comentário xenófobo

No final de 2018, na tentativa de ofender um usuário do Twitter, Frota escreveu: 'só pode ser de Pernambuco', o que motivou uma ação por parte de Gadêlha

Alexandre Frota se desculpa com Túlio Gadêlha por comentário xenófobo
Notícias ao Minuto Brasil

15:26 - 31/01/19 por Notícias Ao Minuto

Política encontro em Brasília

O deputado eleito Túlio Gadêlha recebeu um pedido de desculpas inesperado, nesta quinta-feira (31), do também deputado eleito Alexandre Frota por conta de um comentário xenófobo publicado no final do ano passado, no Twitter. À época, na tentativa de ofender um usuário da rede social, Frota escreveu: "só pode ser de Pernambuco".

+ PF sobre ida de Lula a velório: 'Simplesmente não era possível'

A resposta motivou Gadêlha a protocolar uma interpelação judicial na Procuradoria da República de Pernambuco e divulgar em seu Instagram:

Ver esta publicação no Instagram

Xenofobia é crime. Agora é com a Justiça, Frota. Protocolei hoje interpelação judicial - pedido de explicações em juízo e representação contra o deputado paulista recém eleito, Alexandre Frota. Esse senhor não tem limites e agora irá aprender com as consequências dos seus atos. #xenofobiaécrime #pernambucopresente #vaiterrespeitosim

Uma publicação partilhada por Túlio Gadêlha (@tulio.gadelha) a 27 de Dez, 2018 às 3:45 PST

Nesta quinta, no café da manhã do hotel em Brasília, onde ambos se preparam para iniciar os trabalhos na Câmara nesta sexta-feira (1º), Túlio foi abordado por Frota, que fez-lhe um pedido de desculpas pelo comentário:

Ver esta publicação no Instagram

Faltando 1 dia para iniciar os trabalhos na Câmara, no café da manhã do hotel, olha quem veio sentar ao meu lado para dialogar, mesmo que por poucos minutos. Fui surpreendido por um pedido de desculpas de Frota. Estamos em campos opostos mas não precisamos conviver com o ódio.

Uma publicação partilhada por Túlio Gadêlha (@tulio.gadelha) a 31 de Jan, 2019 às 4:34 PST

Os seguidores apoiaram a postura dos parlamentares. "O diálogo sempre é a melhor saída, não adianta proliferar o ódio", disse um. "Tomara que ele de fato esteja disposto a respeitar os outros. Que o pedido de desculpa não seja da boca pra fora", escreveu outro.

Campo obrigatório