Meteorologia

  • 19 ABRIL 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Imagem mostra estrago em "perna" após pouso problemático na lua

Durante a descida, o Odysseus teve problemas com seu sistema de navegação

Imagem mostra estrago em "perna" após pouso problemático na lua
Notícias ao Minuto Brasil

05:32 - 01/03/24 por Notícias ao Minuto Brasil

Tech Odysseus

O módulo privado Odysseus, da Intuitive Machines, encarou uma série de desafios ao pousar na Lua no dia 22 de fevereiro, incluindo uma ou mais pernas quebradas. Apesar das dificuldades, a sonda tocou a superfície lunar, marcando o primeiro pouso de uma espaçonave norte-americana desde a Apollo 17 em 1972.

Durante a descida, o Odysseus teve problemas com seu sistema de navegação. Acelerando mais do que o previsto, ele acabou pousando em uma região com relevo mais alto do que o planejado.

"Batemos com mais força e derrapamos um pouco", disse Steve Altemus, CEO e cofundador da Intuitive Machines, em uma coletiva de imprensa. O impacto danificou o equipamento de pouso, quebrando uma ou duas pernas da sonda.

Mesmo com as pernas quebradas, o Odysseus pousou na posição vertical. Mas a alegria durou pouco. A inclinação de 12º do terreno lunar fez com que a sonda tombasse e se estabilizasse a 30º da horizontal. Seus tanques e outras peças servem de apoio, impedindo que ela caia completamente.

A inclinação também atrapalhou a comunicação com a Terra. A antena principal do Odysseus ficou bloqueada, impedindo a comunicação normal. Além disso, a posição da sonda bloqueou parte da luz solar, reduzindo a energia disponível.

Felizmente, outras antenas do lander enviaram fotos e dados para a Terra. A Intuitive Machines planejava desativar o Odie na quarta-feira (28) com a chegada da noite lunar, mas parece que a missão continua.

"Ainda trabalhando, o Odysseus continua operando na superfície lunar", escreveu a equipe em uma publicação no X (antigo Twitter) nesta quinta-feira (1º).

Leia Também: SpaceX lança módulo lunar privado em missão apoiada pela NASA

Leia Também: Estados Unidos realizam 1º pouso na Lua após mais de 50 anos da Apollo 17

Campo obrigatório