Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Intervenção quer deixar criminalidade no Rio em 'patamares suportáveis'

Interventores explicam que medidas serão mais visíveis a longo prazo

Intervenção quer deixar criminalidade no Rio em 'patamares suportáveis'
Notícias ao Minuto Brasil

07:52 - 14/05/18 por Notícias Ao Minuto

Brasil segurança

Após críticas por conta da não redução da criminalidade no estado do Rio em três meses de intervenção federal, o porta-voz do gabinete, o coronel Roberto Itamar, disse em entrevista à BBC Brasil que os objetivos da medida estão sendo perseguidos minuciosamente e serão mais visíveis a longo prazo.

"Militar não faz nada sem planejamento. O planejamento estratégico foi feito, está em vigor, está sendo cumprido. A impressão de que não há planejamento é completamente errônea", garantiu o coronel.

A medida foi assinada pelo presidente Michel Temer no dia 16 de fevereiro deste ano e deve permanecer em vigor até o dia 31 de dezembro.

+ Fies registra o menor número de contratos novos em seis anos

O interventor nomeado por Temer é o general Walter Braga Netto. O coronel atua como interlocutor com a imprensa.

Segundo Itamar, o gabinete está sob pressão para mostrar resultados, mas o grande legado da intervenção será "pôr fim ao grave comprometimento da ordem pública e trazer os índices de criminalidade a patamares suportáveis, ou os mínimos possíveis, para que a população passe a ter essa sensação de segurança garantida permanentemente".

Para cumprir esta finalidade, de acordo com o coronel, estão sendo realizadas "ações estruturantes", que "demoram mais tempo para produzir efeitos", como investimentos em equipamentos e treinamento, melhorias das condições de trabalho das forças de segurança, entre outras medidas.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório