Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2021
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

São Paulo terá cinco novas estátuas de personalidades negras

Carolina Maria de Jesus será uma das homenageadas

São Paulo terá cinco novas estátuas de personalidades negras
Notícias ao Minuto Brasil

06:38 - 19/08/21 por Notícias ao Minuto Brasil

Cultura Homenagem

A escritora Carolina Maria de Jesus, o pentacampeão de salto triplo Adhemar Ferreira da Silva, os cantores e compositores Itamar Assumpção e Geraldo Filme e a sambista e ativista Madrinha Eunice serão homenageados com cinco estátuas que serão instaladas na cidade de São Paulo.


De acordo com a prefeitura, foram escolhidas personalidades negras com forte ligação com o município. O anúncio ocorreu na terça-feira (17) durante a Semana de Valorização do Patrimônio, que vai até sexta-feira (20).

A estátua de Carolina Maria de Jesus, autora do clássico Quarto de Despejo, será instalada no Parque Linear Parelheiros, onde a autora viveu por muitos anos. A estátua de Geraldo Filme ficará na Barra Funda, perto do antigo Largo da Banana, local que, segundo a prefeitura, foi “aprovado por pessoas do movimento e pela própria família do Geraldo”.

Ainda não está o local onde ficará de estátua de Adhemar Ferreira da Silva, mas é provável que seja no canteiro central da Avenida Braz Leme, no bairro da Casa Verde, onde o pentacampeão de salto triplo sempre morou e onde surgiram clubes de atletismo em decorrência do sucesso dele. A estátua de Madrinha Eunice, fundadora da primeira escola de samba da capital, a Lavapés, ficará na Praça da Liberdade.

A localização da obra em homenagem a Itamar Assumpção ainda não está definida. “A prefeitura ainda está em contato com a família do artista para indicação de lugares possíveis para a homenagem, mas localidades como a Casa de Cultura da Penha, onde Itamar gravou a trilogia Bicho de 7 cabeças, em 1993, e que também conta com um estúdio em sua homenagem e no bairro onde ele nasceu; e a Praça Benedito Calixto, importante espaço cultural da cidade próximo ao antigo teatro Lira Paulistana, já estão sendo considerados”, diz nota divulgada pela Secretaria Municipal de Cultura.

No ano passado, a prefeitura inaugurou uma estátua na Praça Clóvis Bevilácqua em homenagem a Joaquim Pinto de Oliveira (1721-1811) , um escravo que foi um artesão e arquiteto e ficou conhecido com a alcunha de Tebas.

Campo obrigatório