Meteorologia

  • 18 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Uber entra com pedido para abrir capital na bolsa em 2019

De acordo com executivos próximos ao tema, é esperado que a companhia seja avaliada em cerca de US$ 120 bilhões (R$ 470 bilhões) em sua estreia na bolsa

Uber entra com pedido para abrir capital na bolsa em 2019
Notícias ao Minuto Brasil

11:11 - 08/12/18 por folhapress

Economia bovespa

A Uber entrou confidencialmente nesta semana com pedido para autoridades regulatórias americanas para fazer sua abertura de capital no ano que vem, segundo o The Wall Street Journal.

De acordo com executivos próximos ao tema, é esperado que a companhia seja avaliada em cerca de US$ 120 bilhões (R$ 470 bilhões) em sua estreia na bolsa.

Com isso, essa pode ser a maior oferta de ações do próximo ano e uma das cinco maiores de todos os tempos, de acordo com a Bloomberg.

A informação vem pouco depois de a Lyft, rival americana da companhia, anunciar o plano de entrar na bolsa de valores também no próximo ano, na última quinta-feira (6).

+ Receita libera restituição de Imposto de Renda na segunda-feira

A Lyft deve fazer sua abertura de capital em março ou abril. A Uber corre para estrear no mercado no primeiro trimestre de 2019.

O projeto de abertura de capital da Uber foi apelidado internamente de "Projeto Liberdade", por dar a esperada oportunidade de investidores e funcionários da companhia de venderem suas ações após anos de espera, diz o Wall Street Journal. pelo crescimento da empresa.

A última avaliação do valor de mercado da Uber foi de US$ 70 bilhões, realizada em agosto, quando a startup vendeu uma fatia de suas ações para a Toyota por US$ 500 milhões.

Outra startup que pode fazer sua abertura de capital em 2019 é o Airbnb, de aluguel de hospedagem pela internet. Com isso, espera-se um ano recorde em termos de capital levantado por empresas de tecnologia.

Mesmo tendo transformado o setor de transportes mundo afora e obtido um crescimento acelerado, a Uber ainda acumula prejuízos em seus balanços.

No terceiro trimestre deste ano, as perdas da companhia foram de US$ 1,07 bilhão. O avanço no faturamento foi de 37%.

O Wall Street Journal afirma que a empresa não deve sair do vermelho nos próximos três anos.

Em sua trajetória, a Uber levantou US$ 20 milhões em investimentos. Já a Lyft captou US$ 5,1 bilhões. Com informações da Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório