Meteorologia

  • 24 JULHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Bia Haddad enfrenta jovem checa e Wild encara Rublev em estreia no Aberto da Austrália

O brasileiro terá a tarefa mais complicada: enfrentará o russo Andrey Rublev

Bia Haddad enfrenta jovem checa e Wild encara Rublev em estreia no Aberto da Austrália
Notícias ao Minuto Brasil

16:12 - 11/01/24 por Estadao Conteudo

Esporte Ténis

Beatriz Haddad Maia e Thiago Wild conheceram nesta quinta-feira seus adversários na rodada de abertura do Aberto da Austrália. O brasileiro terá a tarefa mais complicada: enfrentará o russo Andrey Rublev, atual número cinco do mundo. Bia vai duelar com a jovem checa Linda Fruhvirtova, de apenas 18 anos.

A dupla nacional descobriu seus futuros rivais no sorteio das chaves de simples nesta quinta, três dias antes da abertura do primeiro Grand Slam da temporada, disputado em Melbourne. A programação do primeiro dia ainda não foi definido, portanto ainda não há a data das estreias dos brasileiros.

Wild, atual 78º do ranking, repetiu o "azar" que sofreu em Roland Garros, no ano passado. Na ocasião, o sorteio apontou outro russo em seu caminho, Daniil Medvedev, então número dois do mundo. O brasileiro, porém, surpreendeu e levou a melhor na estreia - parou somente na terceira rodada.

Wild nunca enfrentou Rublev no circuito. O russo tem 26 anos, três a mais que o brasileiro, mas já fez quartas de final nos quatro torneios de Grand Slam do circuito. E soma 15 títulos no currículo, contra apenas um de Wild. Se conseguir superar esse desafio, o tenista brasileiro vai enfrentar na segunda rodada o vencedor do duelo entre o americano Christopher Eubanks e o japonês Taro Daniel.

Já Bia Haddad terá um confronto mais tranquilo, ao menos em tese. A brasileira será a cabeça de chave número 10 do torneio, apesar de ser a 11ª do ranking atualmente. Em sua estreia, ela vai duelar com a jovem checa Linda Fruhvirtova, número 85 do mundo. Elas nunca se enfrentaram no circuito.

Apesar disso, Linda é considerada uma das promessas do tênis feminino. No ano passado, a ex-tenista francesa Marion Bartoli, campeã de Wimbledon, disse que a checa e sua irmão mais nova, Brenda Fruhvirtova, eram o futuro da modalidade.

Se confirmar o favoritismo, Bia vai encarar a vencedora do jogo entre a espanhola Sara Sorribes Tormo e uma tenista do qualifying, ainda não definida. Na sequência, poderá cruzar com a dinamarquesa Caroline Wozniacki, que já levantou o troféu do Aberto da Austrália.

O Brasil terá apenas dois representantes nas duas chaves de simples porque Laura Pigossi e Felipe Meligeni foram eliminados no qualifying.

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório