Meteorologia

  • 24 JULHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Djokovic nas 'quartas' e Tsitsipas afastado do Open da Austrália

O sérvio Novak Djokovic deu hoje mais um passo importante rumo à defesa do título do Open da Austrália, primeiro 'major' de tênis da temporada, ao chegar as quartas de final, enquanto o grego Stefanos Tsitsipas foi eliminado.

Djokovic nas 'quartas' e Tsitsipas afastado do Open da Austrália
Notícias ao Minuto Brasil

11:00 - 21/01/24 por Notícias ao Minuto Brasil

Esporte Ténis

Na Rod Laver Arena, de teto fechado devido à chuva, o número um do mundo confirmou facilmente o favoritismo diante do francês Adrian Mannarino, 20.º colocado no ranking ATP, e carimbou pela 14.º vez na carreira a presença nas quartas de final do 'Happy Slam', pelos parciais de 6-0, 6-0 e 6-3.

"Os dois primeiros sets foram os melhores que joguei nos últimos tempos. Queria ter perdido aquele jogo no terceiro set, porque a tensão era muito grande no estádio. Precisava tirar aquilo da cabeça para voltar a focar e fechar o jogo", afirmou o tenista de 36 anos, ainda no 'court'.

Graças ao triunfo diante do experiente gaulês, de 35 anos, Novak Djokovic, que procura o 11.º título em Melbourne Park e o 25.º 'major' da carreira, atingiu pela 58.ª vez o 'top 8' de um torneio do Grand Slam, igualando o recorde do suíço Roger Federer.

Nas quartas-de-final, o atual campeão vai enfrentar o norte-americano Taylor Fritz (12.º ATP), que hoje eliminou o grego Stefanos Tsitsipas, vice-campeão em 2023, com parciais de 7-6 (7-3), 5-7, 6-3 e 6-3.

Assim como o sérvio, o italiano Jannik Sinner, número quatro do mundo, também só precisou de três partidas para levar a melhor frente ao russo Karen Khachanov (15.º ATP), por 6-4, 7-5 e 6-3, e se qualificar pela segunda vez para as quartas de final.

Na próxima rodada, o jovem Sinner, campeão da Taça Davis e vice-campeão das ATP Finals no final de 2023, vai ter como adversário o russo Andrey Rublev (quinto ATP), responsável por eliminar o último australiano do quadro de singulares masculino, Alex de Minaur (10.º ATP), por 6-4, 6-7 (5-7), 6-7 (4-7), 6-3 e 6-0, marcando presença nas quartas de final pela 10.ª vez num 'major'.

Na competição feminina, as duas únicas sobreviventes do 'top 10' do ranking WTA, Aryna Sabalenka e Coco Gauff, asseguram hoje, sem dificuldade, a manutenção em prova, enquanto a jovem prodígio russa Mirra Andreeva, de 16 anos, viu a sua caminhada em Melbourne Park chegar ao fim.

A bielorrussa Sabalenka, número dois mundial atual campeã do torneio, bateu a norte-americana Amanda Anisimova, com quem havia perdido quatro dos cinco encontros anteriores, por 6-3 e 6-2, agendando duelo nos quartos de final com a checa Barbora Krejcikova, que chegou as 'quartas' em Melbourne em 2022 e campeã de Roland Garros em 2021.

Já a norte-americana Coco Gauff, quarta do mundo aos 19 anos, derrotou a polaca Magdalena Frech (69.ª WTA), pelos parciais de 6-1 e 6-2, qualificando-se de forma inédita para as quartas de final do primeiro 'major' da temporada, nos quais terá como adversária a ucraniana Marta Kostyuk (37.ª WTA).

Depois de conquistar em 2023 o Open dos Estados Unidos, último torneio 'major' do ano, Coco Gauff somou a sua 11.ª vitória consecutiva em torneios do Grand Slam e o nono triunfo em 2024, em nove jogos disputados.

Leia Também: Pia Sundhage revela decepção com a forma como CBF a demitiu da seleção: 'Foi cruel'

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório