Meteorologia

  • 20 JULHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

São Paulo tem gol milimétrico anulado, empata com Inter e se mantém no G6

Com o resultado, o Tricolor de Luis Zubeldía alcançou os 14 pontos e se manteve no G6 da tabela

São Paulo tem gol milimétrico anulado, empata com Inter e se mantém no G6
Notícias ao Minuto Brasil

04:00 - 14/06/24 por Folhapress

Esporte Futebol

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - As defesas de Inter e São Paulo mantiveram a boa fase e decretaram o 0 a 0 entre as equipes, em duelo disputado na noite desta quinta-feira (13) e válido pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os gaúchos chegaram a três partidas seguidas sem sofrer gols, enquanto os paulistas cravaram quatro jogos ilesos. Os ataques, por outro lado, pouco funcionaram -um gol anulado de Calleri em lance milimétrico e algumas investidas de Lucas foram os destaques do confronto ocorrido no Heriberto Hulse, em Criciúma (SC).

Com o resultado, o Tricolor de Luis Zubeldía alcançou os 14 pontos e se manteve no G6 da tabela, que tem o Flamengo como líder. Já o time de Eduardo Coudet foi aos 11 pontos, mas tem confrontos a menos em relação aos seus oponentes na classificação.

O São Paulo volta a jogar no domingo (16) no clássico contra o Corinthians, na Neo Química Arena. No mesmo dia, o Inter visita o Vitória, também pelo Brasileirão.

COMO FOI O JOGO

O 1° tempo teve muita marcação e pouco ataque. Apenas quatro finalizações foram dadas pelas equipes, que sofreram com produções ofensivas e sobraram, por outro lado, nas intervenções defensivas. Pelo lado do Inter, Alan Patrick saiu machucado em sua primeira jogada, e Calleri foi o único são-paulino a causar algum perigo ao rival.

Na etapa final, o centroavante do São Paulo viu seu gol ser anulado por um impedimento apertado, e Lucas apareceu — já atuando pelo setor central do gramado. Apesar das tentativas, os visitantes foram bloqueados por um inspirado goleiro Fabrício e não conseguiram balançar as redes até o apito final.

LANCES IMPORTANTES

Lesão tira craque de campo. Os mandantes perderam Alan Patrick ainda aos 2 minutos: o meia sentiu o músculo da coxa ao dominar uma bola ainda no meio de campo em meio à marcação de Alisson e, imediatamente, pediu atendimento médico. Ele deu lugar a Hyoran e mudou os planos táticos de Coudet.

Defesas superando ataques. As tentativas ofensivas das duas equipes não surtiram efeito prático no início de jogo: apenas Calleri e Thiago Maia protagonizaram os dois únicos chutes no Heriberto Hulse antes dos 15 minutos. Por outro lado, as marcações se sobressaíram e frustraram os atacantes -Lucas, novamente escalado na ponta direita, foi um dos mais apagados por parte do São Paulo.

Calleri se estica e causa perigo. Um dos raros lances de perigo da etapa inicial saiu dos pés de Calleri, que recebeu cruzamento de Nestor, se esticou para evitar a saída e, por pouco, não marcou: a bola desviou em Fernando e enganou o goleiro Fabrício, que conseguiu reagir rapidamente e botou a bola para escanteio.

Calleri tem gol anulado. O 2° tempo começou menos truncado, e duas boas chances de gol saíram nos minutos iniciais: primeiro, Lucas recebeu pelo meio, rabiscou e acionou Nestor, que cruzou e viu Fabrício evitar o toque de Calleri. O atacante argentino chegou a balançar as redes pouco tempo depois após nova aparição de Lucas, mas o gol foi invalidado por um impedimento milimétrico flagrado pelo VAR.

Zubeldía mexe e põe Lucas no meio. O técnico do São Paulo decidiu colocar de vez seu time para frente aos 24 minutos, quando fez três alterações de uma vez: o volante Luiz Gustavo deu lugar ao meia Galoppo, enquanto Nestor deixou a função de ponta esquerda para Ferreirinha e Luciano deu lugar a Erick, que caiu pela direita e "jogou" Lucas para atuar por dentro.

Lucas para em Fernando (e em Fabrício) antes de sair. Já longe da lateral, o camisa 7 incendiou o duelo. Ele parou no zagueiro Fernando em chute da entrada da área e, no rebote, obrigou Fabrício a fazer linda defesa. Logo depois, Lucas recebeu cruzamento de Igor Vinícius e, de cabeça, ficou no quase mais uma vez em nova intervenção do goleiro do Inter. Os lances foram os últimos do meia-atacante, que foi substituído por André Silva — e os últimos de perigo da partida, que ainda teve uma tentativa frustrada de Alisson.

Estádio: Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)
Árbitro: Braulio da Silva Machado
Assistentes: Alex dos Santos e Thiaggo Americano Labes
VAR: Gilberto Rodrigues Castro Junior
Cartões amarelos: Fernando, Vitão, Bustos, Aránguiz, Bruno Gomes (INT); Luis Zubeldía, Luiz Gustavo, Galoppo, Calleri, Ferreirinha (SPO)
Cartões vermelhos: não houve
Gols: não houve

INTER

Fabrício; Bustos (Igor Gomes), Vitão, Fernando e Renê; Thiago Maia, Bruno Henrique (Gustavo Prado), Aránguiz (Bruno Gomes) e Alan Patrick (Hyoran); Wesley e Lucca (Wanderson). T.: Eduardo Coudet

SÃO PAULO

Jandrei; Igor Vinícius, Diego Costa, Alan Franco e Welington; Luiz Gustavo (Galoppo), Alisson, Nestor (Ferreirinha), Lucas (André Silva) e Luciano (Erick); Calleri (Juan). T.: Luis Zubeldía

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório