Meteorologia

  • 20 JULHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Jogadores pedem calma, mas não escondem decepção com 'falta de pontaria' da seleção brasileira

Na visão dos jogadores, um pouco mais de capricho fará a equipe se redimir já diante do Paraguai, na sexta-feira

Jogadores pedem calma, mas não escondem decepção com 'falta de pontaria' da seleção brasileira
Notícias ao Minuto Brasil

05:15 - 25/06/24 por Estadao Conteudo

Esporte Seleção Brasileira

Empatar sem gols com a Costa Rica na estreia da Copa América deixou os jogadores da seleção brasileira frustrados. O tropeço na estreia da competição, contudo, não é motivo para preocupação, na visão do capitão Danilo, de Marquinhos e do meia Lucas Paquetá. Na visão dos jogadores, um pouco mais de capricho fará a equipe se redimir já diante do Paraguai, na sexta-feira.

Finalizar com mais tranquilidade e capricho virou unanimidade na avaliação do que precisa melhorar. O time criou bastante diante dos costa-riquenhos, em Los Angeles, mas não soube acertar o alvo por causa do nervosismo na hora de mandar às redes.

"A gente trabalhou bastante, fez um grande jogo e tentou até final. Tivemos chances, mas não conseguimos concluir no gol", lamentou Lucas Paquetá. "Não conseguimos o resultado positivo, mas seguimos confiantes, temos de melhorar na hora de decidir as jogadas em gol para conquistar a vitórias", continuou.

Paquetá até acertou uma finalização na trave, em chute de longa distância. Porém, também errou algumas finalizações até fáceis e não se eximiu de culpa no tropeço com os costa-riquenhos. Mesmo assim, seu discurso era de que tudo estava certo.

"A seleção fez o que tinha de ser feito, não foi um empate que a gente não conseguiu criar. Fizemos nosso jogo, mas temos de melhorar na finalização. Eu, particularmente, e os outros jogadores, para que a gente possa ganhar do Paraguai."

Marquinhos adotou um discurso sereno para justificar o tropeço. "Agora é um momento de sermos sinceros com nós mesmos. A gente queria a vitória aqui, porém sabia que ia ser assim, com eles atrás, tentando apenas contra-atacar. Soubemos neutralizar, na parte ofensiva o time criou, jogou de um lado para o outro, mas o campo pequeno a ajuda defesa", avaliou.

"Cabe a nós criar alternativas, para ter mais oportunidades claras e que possamos fazer o gol por um resultado importante. É momento de ter tranquilidade para ver o que fez de bom, de ruim, pois estreia a ansiedade é maior."

O capitão Danilo também não vê motivos para caça às bruxas. E espera que o tropeço seja rapidamente apagado e superado. "(O empate tem de causar o) Impacto menor possível. É uma competição curta e isso poderia acontecer. Mas temos de avaliar nosso comportamento, foi todo o jogo com a bola passando ali na área deles", afirmou o lateral, reconhecendo, contudo, que o setor ofensivo pecou pelo nervosismo.

"Foram algumas falhas nossas de querer colocar para dentro. Não demos ocasiões, jogamos sérios, em um campo pequeno... Isso não tem de ser desculpa, a gente criou para vencer. Cada jogo é uma final e agora é descansar. O resultado ajuda na maturação, hoje era jogo para ganhar e saímos conscientes que teria nem que fosse de ao menos 1 a 0."

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório