Meteorologia

  • 20 SETEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Veja que irregularidades foram encontradas no CT do Flamengo até agora

Incêndio no local matou dez atletas das categorias de base do clube

Veja que irregularidades foram encontradas no CT do Flamengo até agora
Notícias ao Minuto Brasil

05:34 - 16/02/19 por Folhapress

Esporte Ninho do Urubu

Uma semana após o incêndio no Ninho do Urubu, centro de treinamento do Flamengo, que matou dez atletas das categorias de base do clube, quatro irregularidades já foram apresentadas pela Prefeitura do Rio e pelo Corpo de Bombeiros.

Além das dez vítimas, outros três jogadores foram socorridos e encaminhados ao hospital. Cauan Emanuel, 14, recebeu alta na segunda-feira (11), enquanto Francisco Dyogo, 15 deixou o hospital em que estava internado nesta sexta-feira (15).

O único que permanece internado é Jonathan Cruz Ventura, 15. Ele está no setor de queimados do hospital Pedro II, em Santa Cruz, e seu estado de saúde é estável, tendo apresentado melhora no quadro respiratório.

Ainda nada foi esclarecido sobre causa do incêndio. O Flamengo se pronunciou duas vezes através do presidente Rodolfo Landim, que não respondeu a perguntas, e pelo diretor executivo do clube Reinaldo Belotti

+ Em noite de homenagens, Flu vence Flamengo com gol no fim e vai à final

+ Sobrevivente de incêndio no Flamengo recebe alta e deixa hospital

Confira as irregularidades apontadas até agora:

- Área não tinha licença para alojar pessoas

Segundo a Prefeitura do Rio, a área onde os jogadores estavam instalados tinha licença para funcionar como um estacionamento. O clube não pediu autorização para instalar contêineres onde os jogadores estava instalados.

O QUE DIZ O FLAMENGO:

Reinaldo Belotti, diretor executivo do clube, não negou a falta de licenças, mas não deu detalhes."Isso não tem nada a ver com o acidente", afirmou. "Temos providências a tomar para que o CT seja legalizado. Estamos trabalhando para isso. Precisávamos de 9 certificados, já temos 8. E estamos finalizando com os bombeiros para conseguir esse último alvará", completou.

- Multas em atraso

Por determinação da Secretaria de Fazenda, a Prefeitura do Rio lacrou o CT do Flamengo em outubro de 2017. Segundo a Prefeitura do Rio, o clube decidiu reabrir o centro de treinamento em 2017, mesmo depois de ter sido lacrado. A decisão de lacrar o local foi tomada após o clube ter sido multado 31 vezes por falta de alvará de funcionamento. O Flamengo pagou 10 e deixou de pagar 21, ainda de acordo com a Prefeitura.

- Bombeiros não vistoriaram o local

O alojamento não foi vistoriado pelos Corpos de Bombeiros. A corporação informou que a a vistoria é realizada sempre no projeto de segurança apresentado pelo clube. No entanto, "a estrutura provisória não constava no projeto e não foi identificada nas áreas vistoriadas".

O QUE DIZ O FLAMENGO:

O Flamengo não se pronunciou sobre o assunto

- Bombeiros pedem novo projeto de segurança

Após vistoria realizada na última terça-feira (12) -quatro dias após o incêndio- o Corpo de Bombeiros notificou o CT do Flamengo para apresentação de um novo projeto de segurança contra incêndio e pânico e manutenção dos dispositivos existentes.

O QUE DIZ O FLAMENGO:

Em nota, o clube afirmou que acompanhou a vistoria e tomará todas as providências em relação aos pontos que foram observados pelos órgãos públicos. E reitera que seguirá à disposição de toda e qualquer autoridade ou órgão envolvido na apuração das causas da tragédia que vitimou atletas da categoria de base do Clube na manhã da última sexta-feira. Com informações da Folhapress.

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório