Meteorologia

  • 18 JUNHO 2021
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Covid-19: Número de presos cai no Brasil durante a pandemia

A queda do encarceramento no país não foi suficiente para mudar o quadro de lotação das prisões

Covid-19: Número de presos cai no Brasil durante a pandemia
Notícias ao Minuto Brasil

13:56 - 17/05/21 por Notícias ao Minuto Brasil

Justiça Covid-19

O número de pessoas presas no Brasil caiu de 709,2 mil em fevereiro de 2020 para 687,5 mil em fevereiro de 2021, período que abrange o primeiro ano da chegada da covid-19 ao país.

Segundo dados divulgados pelo site G1 dentro do projeto Monitor da Violência, que apresenta informações oficiais dos 26 estados e do distrito federal, a queda do encarceramento no país não foi suficiente para mudar o quadro de lotação das prisões, que tem vagas para manter 440,5 mil presos.

Assim, o sistema prisional brasileiro regista um déficit de 247 mil vagas, um total que desconsidera os presos em regime aberto e os que estão em prisões de delegacias da Polícia Civil. Se forem contabilizados esses presos, o número passa de 750 mil no país.

O site informou também que a percentagem de presos provisórios, que estão detidos e ainda não passam por um julgamento, voltou a subir de 31,2% para 31,9% do total de presos.

O levantando também citou informações sobre a disseminação da doença que dão conta de um agravamento da pandemia de covid-19 no interior das unidades prisionais.

Citando um relatório de inspeção feito pelo Mecanismo Nacional de Combate à Tortura no estado brasileiro do Acre, o portal informou que além da superlotação os presos enfrentaram muitos problemas na pandemia.

"Houve um período em que a grande maioria dos presos apresentou sintomas relacionados à covid-19, como febre, dor de cabeça e dificuldade de respirar", disse o relatório.

"No entanto, eles não obtiveram atendimento médico e ainda relatam que em alguns casos foi ministrado apenas medicação analgésica. Quando os presos solicitaram atendimento, eram espancados pelos policiais penais", acrescentou.

Dados oficiais informa que pelo menos 200 presos morreram de covid-19 no país e outros 57 mil foram infectados.

Além disso, 237 funcionários do sistema prisional morreram com a doença e 20 mil se contaminaram.

O Brasil é o país lusófono mais afetado pela pandemia e um dos mais atingidos no mundo ao contabilizar 435.751 vítimas mortais e mais de 15,6 milhões de casos confirmados de covid-19.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.381.042 mortos no mundo, resultantes de mais de 162,9 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Campo obrigatório