Meteorologia

  • 16 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Caso Daniel: filha de suspeito cita nova 'festinha' um dia após morte

Segundo a polícia, Allana Brittes trocou mensagens com testemunha para combinar nova versão do crime

Caso Daniel: filha de suspeito cita nova 'festinha' um dia após morte
Notícias ao Minuto Brasil

15:26 - 21/11/18 por Notícias Ao Minuto

Justiça Caso Daniel

Allana Brittes, filha de Edison Brittes, enviou mensagens a uma testemunha um dia após o assassinato do jogador Daniel, citando uma nova "festinha" que aconteceria na semana seguinte ao crime, de acordo com inquérito da Polícia Civil de São José dos Pinhais divulgado pelo G1 e RPC Curitiba.

Segundo a polícia, nas mensagens, Allana chama a testemunha para comer em um shopping de São José dos Pinhais.

Neste dia, Edison reuniu os envolvidos para combinar uma versão sobre o crime, que deveria ser mantida como um pacto. Ainda segundo a polícia, Edison afirmou que, se alguém rompesse a versão combinada, ficaria sabendo quem descumpriu o pacto.

+ Caso Daniel: quatro serão indiciados por homicídio qualificado

O corpo do jogador Daniel, de 24 anos, foi encontrado após a festa de aniversário de 18 anos de Allana Brittes, perto de uma estrada rural na Colônia Mergulhão, em São José dos Pinhais, no dia 27 de outubro. O atleta foi espancado e seu órgão sexual foi mutilado. Edison Brittes assumiu a autoria do crime em seu depoimento.

Sete pessoas foram presas: o empresário Edison Brittes; Allana; Cristiana Brittes, esposa de Edison; e os suspeitos de participarem das agressões: Eduardo Purkote, Eduardo da Silva (namorado da prima de Cristiana Brittes), Ygor King e David Willian.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório