Meteorologia

  • 12 ABRIL 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Alimentos que ajudam a fortalecer a memória

Os estudos estão descobrindo que o que é bom para o coração também pode ser bom para o cérebro

Alimentos que ajudam a fortalecer a memória
Notícias ao Minuto Brasil

12:48 - 21/03/24 por Notícias ao Minuto Brasil

Lifestyle Alimentação

A pesquisa sugere que a capacidade de maximizar o funcionamento da memória pode ter relação com aquilo que comemos. Seguir um plano alimentar que forneça uma seleção mais saudável de gorduras dietéticas e uma variedade de alimentos vegetais ricos em fitonutrientes pode afetar positivamente a sua saúde. Os fitonutrientes são substâncias encontradas em certas plantas que, ao que tudo indica, podem ser benéficos para a saúde humana, além de ajudar a prevenir certas doenças.

Ainda há muito a aprender sobre o que compõe uma dieta saudável para o cérebro. Os estudos estão descobrindo que o que é bom para o coração também pode ser bom para o cérebro. Assim, a melhor aposta para ter boa memória é deixar de lado as gorduras não saudáveis e não se esquecer de diversificar o cardápio alimentar baseado em vegetais.

Alimentos que estimulam a memória

Dietas ricas em frutas, vegetais, grãos integrais e legumes, peixe, gorduras saudáveis, ervas ou sementes estimulam o funcionamento da memória cerebral. A seguir estão mais detalhes sobre esses alimentos poderosos:

Frutas

  • As frutas silvestres têm um elevado índice de antioxidantes que podem proteger o cérebro contra os danos oxidativos, além de evitar o envelhecimento precoce e a demência que afeta a memória. Os mirtilos são uma rica fonte de antocianina e outros flavonoides que podem melhorar o funcionamento do cérebro.
  • As uvas são cheias de resveratrol, um composto que fortalece a memória. As uvas Concord são ricas em polifenóis cujo potencial é estimular o funcionamento do cérebro.
  • A melancia tem uma alta concentração de licopeno, um outro antioxidante poderoso. A melancia também é uma ótima fonte de água pura, o que beneficia o cérebro. Mesmo um caso leve de desidratação pode reduzir a energia mental e prejudicar a memória.
  • Os abacates são frutas ricas em gordura monoinsaturada, que melhora o funcionamento da memória ao ajudar a melhorar os níveis de colesterol sanguíneo quando a fruta é consumida em moderação no lugar das gorduras saturadas.

Vegetais

  • As beterrabas são ricas em nitratos, um composto natural que pode dilatar os vasos sanguíneos, possibilitando que mais sangue oxigenado chegue ao cérebro.
  • Verduras escuras e folhosas são conhecidas por seus antioxidantes, como a vitamina C. Elas estão demonstrado que são capazes de reduzir a perda de memória em decorrência do avanço da idade. As folhas verdes são ricas em folato, que pode melhorar a memória e diminuir a inflamação e aumentar a circulação sanguínea para o cérebro.

Grãos integrais e legumes

  • Trigo partido, cuscuz integral, grão-de-bico, aveia, batata-doce e feijão preto são exemplos de carboidratos complexos. Como as células cerebrais funcionam com glicose derivada de carboidratos e não a armazenam em excesso, elas precisam de um suprimento constante de glicose. Os carboidratos complexos são o alimento preferido do cérebro. Eles fornecem um suprimento de glicose lento e constante. Eles levam mais tempo para metabolizar e têm um alto índice de folato, a vitamina B que estimula a memória.

Frutos do mar

  • Peixes gordurosos, como o salmão, truta, cavalinha, arenque, sardinhas e arenque defumado são ricos em ácidos graxos ômega-3 saudáveis para o coração. Há evidências de que eles melhoram a memória quando são consumidos uma ou duas vezes por semana. Os ácidos graxos ômega-3 não afetam o colesterol de lipoproteína de baixa densidade (LDL) e podem reduzir os triglicerídeos.
  • Os mariscos e crustáceos, como ostras, mexilhões, amêijoas, caranguejos, camarões e lagostas são ótimas fontes de vitamina B12, um nutriente que contribui para a prevenção da perda de memória.

Gorduras saudáveis

  • O azeite fornece gordura monoinsaturada, que pode ajudar a reduzir os níveis de colesterol LDL quando usado no lugar da gordura saturada ou trans. O azeite de oliva extravirgem é o tipo de azeite menos processado e com os maiores níveis compostos de antioxidantes protetores.
  • As oleaginosas, como as nozes, são uma fonte de ácidos graxos ômega-3. Eles reduzem os triglicerídeos, melhoram a saúde vascular, ajudam a moderar a pressão arterial e diminuem a coagulação sanguínea.

Ervas ou sementes

  • As sementas de cacau são uma rica fonte de antioxidantes flavonoides, que são especialmente importantes para evitar os danos resultantes do colesterol LDL, proteger o revestimento arterial e evitar a formação de coágulos sanguíneos. O cacau também contém arginina, um composto que aumenta a dilatação dos vasos sanguíneos.
  • Alecrim e hortelã são da mesma família de ervas. Há evidências de que o alecrim aumenta o fluxo sanguíneo para o cérebro, melhorando a concentração e a memória. Descobriu-se que o aroma de hortelã-pimenta melhora a memória.
  • As sementes de gergelim são uma fonte rica do aminoácido tirosina, que é usado para produzir dopamina, um neurotransmissor responsável por manter o cérebro alerta e a memória saudável. As sementes de gergelim também são ricas em zinco, magnésio e vitamina B6, que são outros nutrientes envolvidos no funcionamento da memória.
  • Há evidências de que o açafrão afeta positivamente as pessoas com doença de Alzheimer leve a moderada.

Fazer as modificações no estilo de vida para controlar os níveis de colesterol, glicemia e pressão arterial, além de evitar o tabagismo, fazer caminhadas diariamente e manter o peso dentro de um limite saudável podem ajudar a preservar o funcionamento da memória.

Leia Também: Aumente o consumo destes 10 alimentos; são ricos em ômega-3

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório