Líderes se reunirão na quarta em Berlim para discutir crise na Ucrânia

Segundo o ministro das Relações Exteriores da França, Jean-Marc Ayrault, o encontro tem como objetivo negociar a desescalada dos enfrentamentos na guerra civil que assola o leste da Ucrânia há dois anos e meio

© Reuters
Mundo Europa 10:29 - 18/10/16 POR Folhapress

A chanceler alemã, Angela Merkel, se reunirá nesta quarta-feira (19) em Berlim com os presidentes de França, Rússia e Ucrânia -François Hollande, Vladimir Putin e Petro Poroshenko, respectivamente- para tentar resolver a crise no leste da Ucrânia.

PUB

Segundo o ministro das Relações Exteriores da França, Jean-Marc Ayrault, o encontro tem como objetivo negociar a desescalada dos enfrentamentos na guerra civil que assola o leste da Ucrânia há dois anos e meio. Além disso, o fórum deve estabelecer um calendário para as eleições em Donbass, região afetada pelo conflito.

É a primeira vez em mais de um ano que os líderes se encontrarão para discutir a crise na Ucrânia. Atualmente, os separatistas e os militares ucranianos envolvidos nos combates tentam pôr em prática o acordo de paz assinado no ano passado em Minsk, capital de Belarus.

A Rússia, que anexou em 2014 da Ucrânia a península da Crimeia, é acusada de financiar e armar os separatistas ucranianos. O envolvimento russo no conflito motivou o Ocidente a implementar sanções econômicas contra Moscou.

Segundo as Nações Unidas, o conflito no Leste da Ucrânia já deixou quase 10 mil mortos, incluindo 2.000 civis.

SÍRIA

Segundo uma fonte do governo alemão disse à agência de notícias Reuters, Merkel e Hollande devem se reunir com Putin durante o encontro em Berlim para negociar a implementação de um cessar-fogo na Síria. Moscou intervém na guerra civil síria em apoio ao regime do ditador Bashar al-Assad, bombardeando rebeldes. Com informações da Folhapress.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X