Meteorologia

  • 04 JULHO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

OTAN diz que não quer nova Guerra Fria ou corrida armamentista

Advertências do presidente russo aos aliados da Aliança do Norte são consideradas "inaceitáveis" pela organização

OTAN diz que não quer nova Guerra Fria ou corrida armamentista
Notícias ao Minuto Brasil

11:57 - 02/03/18 por Notícias Ao Minuto

Mundo Recado

A OTAN comentou o discurso do presidente russo, Vladimir Putin, na Assembleia Federal da última quinta-feira (1), em que ele anunciou o desenvolvimento de uma série de novas armas nucleares.

A OTAN declarou nesta sexta-feira (2) que as advertências do presidente russo, Vladimir Putin, aos aliados da Aliança do Norte são "inaceitáveis" e não ajudam os esforços para acalmar as tensões.

+ Área diplomática da capital de Burkina Faso é atacada

"Declarações russas que ameaçam alvejar aliados da OTAN são inaceitáveis e contraproducentes", disse a porta-voz da OTAN, Oana Lungescu, em um comunicado.

"Nós não queremos uma nova Guerra Fria ou uma nova corrida armamentista", disse ela, acrescentando também que o sistema de defesa antimísseis da OTAN na Europa não estava voltado para a Rússia.

O porta-voz presidencial russo, Dmitry Peskov, por sua vez, declarou que a Rússia não pretende atacar ninguém, destacando que seus armamentos não ameaçam aqueles que não tem planos de atacar Moscou.   

Na última quinta-feira, Vladimir Putin fez seu discurso anual na Assembleia Federal e anunciou que a Rússia desenvolveu drones subaquáticos intercontinentais e mísseis de cruzeiro com capacidade nuclear. Com informações do Sputnik., 

Campo obrigatório