Meteorologia

  • 21 SETEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Rio já registrou 667 atendimentos médicos no Sambódromo

A maioria dos casos era de mal estar devido ao forte calor ou à ingestão de bebidas alcóolicas

Rio já registrou 667 atendimentos médicos no Sambódromo
Notícias ao Minuto Brasil

11:49 - 12/02/18 por Notícias Ao Minuto

Brasil sapucaí

Os postos médicos montados pela Prefeitura do Rio, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), no Sambódromo fizeram na primeira noite do Grupo Especial, até as 7h30 desta segunda (dia 12/2), 676 atendimentos, somando 1.219 desde o início dos desfiles, na sexta-feira.

A maioria dos casos era de mal estar devido ao forte calor ou à ingestão de bebidas alcóolicas. A Secretaria Municipal de Ordem Pública, ontem, removeu oito veículos estacionados irregularmente no entorno do sambódromo durante a noite/madrugada até às 7h de hoje.

O objetivo do prefeito Marcelo Crivella é proporcionar a todos o melhor carnaval do Rio de Janeiro. No período, 19 veículos foram multados. No bloco “Simpatia é Quase Amor”, equipes da Prefeitura apreenderam, por venda irregular, 479 bebidas, entre cerveja, refrigerante, água e energético. Durante a passagem do bloco “Cordão do Boitatá”, na Praça XV, foram apreendidas 107 garrafas de vidro e 169 óculos de sol. Uma equipe do Grupamento de Operações Especiais da Guarda Municipal auxiliou no combate ao incêndio de uma barraca na Praça XV.

 Uma senhora de 63 anos, que estava em um dos camarotes do Sambódromo, foi transferida para o Hospital Municipal Souza Aguiar, onde faleceu. Com histórico de problema cardíaco – segundo o marido que a acompanhava –, ela teve um mal súbito e foi levada para o posto da SMS. Foi prontamente atendida pelos médicos, recebeu os primeiros cuidados e foi transferida às pressas, em estado grave, mas não resistiu.

O número de atendimentos no primeiro dia de desfiles do Grupo Especial este ano foi superior ao de 2017, quando 504 pessoas precisaram ser atendidas nos sete postos médicos da Sapucaí, com 25 remoções.

Somando os dois dias de desfile da Série A com o primeiro dia do Grupo Especial, os atendimentos chegam, neste período, a 1.013. Muitos pacientes apresentavam sinais de desidratação, picos de hipertensão, torções e pequenos traumas. Vinte e um pacientes, com quadros mais graves, precisaram ser transferidos para hospitais de apoio.

Ainda na área da Saúde, nesta terceira noite de desfiles na Sapucaí, a Vigilância Sanitária do município realizou 95 inspeções em bares, food trucks, bufês, camarotes, ambulâncias e postos de saúde: foram 12 multas aplicadas; não houve interdição nem alimentos inutilizados.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório