Meteorologia

  • 14 DEZEMBRO 2017
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 10º

Edição

Representante das favelas quer criar partido próprio

A ativista Celso Athayde já recebeu apoio de artistas como Lázaro Ramos e MV Bill. Programa do partido deve ser lançado no próximo sábado (28)

Representante das favelas quer criar partido próprio
Notícias ao Minuto Brasil

14:26 - 22/05/16 por Notícias Ao Minuto

Política Rio

O ativista Celso Athayde, de 53 anos, criou um grupo de discutir a criação de um partido formado por negros e moradores de favelas. A informação é da coluna de Ancelmo Gois, do jornal O Globo, deste domingo (22). O partido vai se chamar Frente Favela Brasil.

"Não queremos nem precisamos que ninguém nos represente. Hoje, somos aproximadamente 106 milhões, devemos ser representados por nós mesmos. As favelas querem mostrar que as regras de honestidade que regem seus territórios podem servir de inspiração e exemplo para a política. Da mesma forma que não tem sentido um pai de santo representar uma bancada de evangélicos, é pertinente que os pretos e favelados protagonizem sua nova história", explica Athayde, que é fundador da organização não-governamental Central Única das Favelas (Cufa).

Os grupos Olodum e Ilê Aiyê já manifestaram interesse em apoiar a iniciativa. Artistas como Lázaro Ramos, Sérgio Loroza e MV Bill também sinalizaram que podem participar da futura legenda. O programa, o estatuto, o conselho e o regime interno do grupo devem ser lançados no próximo sábado (28). O partido precisa de 510 mil assinaturas para sair do papel, mas tem como objetivo recolher 15 milhões de nomes.

"Na Frente Favela Brasil, 40% das vagas serão para jovens entre 18 e 30 anos e 50% para mulheres. Todos os eleitos devolverão para a sociedade 50% dos vencimentos", afirma Athayde.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório