Meteorologia

  • 20 JULHO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Lula sabia da corrupção na Petrobras, diz Delcídio ao MP

Lula sabia da corrupção na Petrobras, diz Delcídio ao Ministério Público

Lula sabia da corrupção na Petrobras, diz Delcídio ao MP
Notícias ao Minuto Brasil

21:31 - 02/09/16 por Folhapress

Política Depoimento

Em depoimento ao Ministério Público Federal, o ex-senador Delcídio do Amaral (ex-PT, hoje sem partido) afirmou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sabia do esquema de corrupção na Petrobras.

As declarações, segundo apurou a reportagem, foram dadas nesta quinta-feira (1º) aos procuradores da Operação Lava Jato em Curitiba, responsáveis pelos inquéritos contra o ex-presidente -que estão em fase final de apuração.

Segundo o ex-senador, atual delator da Lava Jato, Lula considerava que a arrecadação propiciada pelos contratos da Petrobras colaborava para manter a governabilidade nos mandatos petistas.

Delcídio foi líder da bancada do PT no Senado no governo do ex-presidente e, depois, líder do governo de Dilma Rousseff no ano de 2015.

Ele afirmou que Lula tinha contato direto com alguns diretores da Petrobras, sem intermediários -tal como o ex-diretor Renato Duque.

O petista teria ficado preocupado com as investigações da Lava Jato a partir da sua sétima fase, quando os principais empreiteiros do país foram presos preventivamente, em novembro de 2014.

O ex-senador ainda declarou que o sítio de Atibaia (SP), um dos objetos das investigações contra o ex-presidente, era referido como propriedade de Lula por amigos e aliados próximos.

INQUÉRITOS

A oitiva do ex-senador, conduzida especialmente para subsidiar os inquéritos que investigam Lula, durou cerca de quatro horas.

Além dele, o ex-deputado Pedro Corrêa (ex-PP-PE), outro delator da Lava Jato, também prestou depoimento aos procuradores nesta quinta.

Em sua delação, Corrêa já afirmou que o ex-presidente discutia pessoalmente o esquema da Petrobras e articulou a nomeação de Paulo Roberto Costa como diretor da área de Abastecimento -na qual foram descobertos desvios de verbas milionários.

Lula é alvo de três inquéritos na Lava Jato, sob suspeita de ocultar a propriedade de um tríplex no Guarujá, de um sítio em Atibaia (SP) e de se beneficiar de dinheiro de origem ilícita ao dar palestras pagas por empreiteiras.

O petista já foi indiciado no inquérito que investiga o tríplex no litoral paulista, sob suspeita de corrupção passiva, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.Os outros procedimentos continuam em andamento.

OUTRO LADO

A reportagem procurou a assessoria da defesa de Lula, que informou que não foi possível fazer contato com o advogado Cristiano Zanin Martins na noite desta sexta-feira (2).

O ex-presidente nega ter participado de irregularidades e diz estar sendo perseguido politicamente pela Operação Lava Jato. Com informações da Folhapress.

LEIA TAMBÉM: Lula pensa em apoiar Ciro Gomes em 2018

Campo obrigatório