Meteorologia

  • 21 NOVEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Gleisi volta a dizer que Lula sofre 'perseguição implacável'

Segundo ela, ao definirem pena maior do que 12 anos, os desembargadores afastaram a possibilidade de prescrição da pena em decorrência da idade de Lula

Gleisi volta a dizer que Lula sofre 'perseguição implacável'
Notícias ao Minuto Brasil

16:37 - 21/02/18 por Notícias Ao Minuto

Política Plenário

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) disse nesta quarta-feira (21) em Plenário esperar que o Tribunal Regional Federal da 4ª Região reveja a decisão de condenar o ex-presidente Lula a 12 anos e um mês de prisão. Ela informou que, no dia anterior, os advogados do ex-presidente questionaram, por meio de embargos de declaração, algumas omissões e obscuridades do acórdão de 24 da janeiro.

Entre as omissões, acrescentou a senadora, os advogados apontaram a falta de análise do pedido de declaração de incompetência do juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos em primeira instância da operação Lava Jato, para julgar o ex-presidente. Também acusaram de parcialidade Moro e os procurados da República que ofereceram a denúncia.

+ Filho de delator confirma que Lula 'abençoou' negócio fraudulento

Quanto à obscuridade do acórdão, disse Gleisi, os advogados alegam que não há, nos autos, comprovação de que Lula comandou qualquer esquema de corrupção. Por fim, ela informou que os advogados também questionam a pena imposta ao ex-presidente. As informações são da Agência Senado.

Segundo ela, ao definirem pena maior do que 12 anos, os desembargadores afastaram a possibilidade de prescrição da pena em decorrência da idade de Lula.

"Os senhores sabem que o presidente tem mais de 70 anos e por conta de um mês a mais na pena, essa pena não prescreveu no ano passado. Então, eu não tenho dúvidas de que há uma perseguição ao presidente Lula. Implacável. Sabem por quê? Porque não querem que Lula seja candidato a presidente da República. Porque se Lula for candidato a presidente da República, Lula ganhará as eleições neste país", afirmou Gleisi.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório