Meteorologia

  • 20 MAIO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Justiça pune Doria pela segunda vez por propaganda que ataca França

Para o juiz Paulo Sergio Brant Galizia, que deu a decisão, "a narrativa beira à calúnia, ligando o candidato à prática criminosa, de modo que seu potencial de degradação é notório"

Justiça pune Doria pela segunda vez por propaganda que ataca França
Notícias ao Minuto Brasil

17:54 - 20/10/18 por Notícias Ao Minuto

Política ELEIÇÕES 2018

A Justiça Eleitoral puniu o candidato João Doria (PSDB), que disputa o governo de São Paulo, pela segunda vez em dois dias, por associar o seu adversário Márcio França (PSB) à corrupção.

A decisão desta sexta-feira (19) considerou irregular propaganda em que o tucano afirma que quer ser governador para "defender o nosso Estado da esquerda, que apoia o Márcio França, e que é o maior símbolo da corrupção no Brasil". Na quinta (18), Doria já havia sido punido pelo mesmo motivo.

Essas propagandas foram exibidas nos dias 12, 13 e 14. A decisão da Justiça determina a perda de 30 inserções na TV e de 30 segundos no horário eleitoral gratuito à coligação de Doria.

+ Página com vaquinha virtual fake para Bolsonaro é bloqueada pelo TSE

Para o juiz Paulo Sergio Brant Galizia, que deu a decisão, "a narrativa beira à calúnia, ligando o candidato à prática criminosa, de modo que seu potencial de degradação é notório".

"O candidato não é diretamente qualificado como corrupto, mas a frase é construída de modo que pode confundir o ouvinte, dando a impressão que Márcio França é símbolo da corrupção no Brasil", diz o magistrado em sua decisão.

"Ademais, mesmo que se considere a pausa que a conjunção aditiva propicia, a indicação de que a esquerda é símbolo da corrupção acaba por surtir o mesmo efeito, pois o candidato se declara de esquerda", acrescenta. "Necessário frisar que não é verdade que todos os políticos que se declaram de esquerda cometeram sabidamente o crime de corrupção, de modo que a generalização é degradante."

Procurada, a campanha de João Doria ainda não se manifestou. Com informações da Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório