Meteorologia

  • 16 DEZEMBRO 2017
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 10º

Edição

Doria diz que Carnaval de rua sairá da Vila Madalena

Festa será transferida para a avenida 23 de Maio

Doria diz que Carnaval de rua sairá da Vila Madalena
Notícias ao Minuto Brasil

17:00 - 11/10/17 por Folhapress

Brasil folia 2018

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta quarta-feira (11) que o Carnaval de rua deixará a Vila Madalena, na zona oeste da cidade, e será transferido para a avenida 23 de Maio. Ele já havia adiantado a informação em entrevista à rádio Trianon na terça-feira (10).

"Aquilo que acontecia na Vila Madalena vai, sim, ser transferido para a avenida 23 de Maio. Mais seguro, mais eficiente, melhor conforto para a população e para os serviços públicos. Ambulância, atendimento, abastecimento, Bombeiros. Tem muito mais condições e não molesta os moradores", disse o prefeito. Na terça (10), ele disse que os foliões devem sair da praça da Bandeira em direção ao Parque Ibirapuera.

"Temos que lembrar que, não obstante ser uma manifestação espontânea, cabe ao poder público organizar o Carnaval. As pessoas não podem fazer na cidade o que desejam em qualquer lugar e a qualquer hora. A lei do Psiu precisa ser cumprida o ano inteiro", completou. "Com todo o carinho para a Vila Madalena, ela não comporta mais a dimensão do Carnaval. Você não pode imaginar que exista uma ocupação de um bairro residencial e o sentimento do Carnaval prevaleça sobre o respeito aos moradores."

+ Doria desativa contêiner de atendimento a usuários na Cracolândia

Doria ressaltou que blocos menores, de até 4.000 pessoas, serão avaliados individualmente pelas prefeituras regionais. Mesmo em caso de aprovação, terão que se desmanchar até às 20h para respeitar a lei do Psiu.

"A orientação às prefeituras regionais é a de que manifestações pequenas em bairros sejam avaliadas. No Baixo Augusta, por exemplo, que é uma região de baixa densidade habitacional e tem mais comércio, poderemos ter. Também em bairros periféricos", disse.

No Carnaval de 2017, apenas o bloco Acadêmicos do Baixo Augusta levou cerca de 300 mil pessoas para a região. Segundo o prefeito, 1,7 milhão de pessoas foram às ruas neste ano para participar do evento.

Secretário das Prefeituras Regionais e vice-prefeito, Bruno Covas (PSDB) ressaltou que há um diálogo em curso com os grupos de foliões.

"Estamos em conversas com os blocos e teremos um horário estabelecido. Em princípio, a ideia é transferir tudo que puder causar algum problema para um lugar que cause menos ruído. É claro que vamos compatibilizar isso com diversos agentes. A prefeitura não vai impor nada", concluiu. Com informações da Folhapress. 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório