Meteorologia

  • 27 JUNHO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Aluna se salvou ao aplicar técnicas de jiu-jítsu contra atirador

Rhyllary Barbosa dos Santos, de 15 anos, é faixa branca na arte marcial

Aluna se salvou ao aplicar técnicas de jiu-jítsu contra atirador
Notícias ao Minuto Brasil

10:51 - 16/03/19 por Notícias Ao Minuto

Brasil em suzano

No vídeo que mostra o momento de parte dos ataques na Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano, na quarta-feira (13), é possível ver o momento em que uma aluna entra em confronto com um dos atiradores.

Rhyllary Barbosa dos Santos, de 15 anos, foi agarrada por Luiz Henrique de Castro, de 25, que desferiu alguns socos na garota e tentou fazer com que ela não fugisse da escola. Rhyllary, porém, se manteve firme, conseguiu se desvencilhar e fugir. Para tal utilizou técnicas de jiu-jístsu, arte marcial da qual é faixa branca.

"Ele tentou me dar uma rasteira, mas eu firmei o calcanhar no chão e não deixei que ele me derrubasse, não deixei o corpo mole e ficar vulnerável a ele. Assim que ele me pegou no braço eu comecei a chacoalhar para ele me soltar e ele me pegou pelo cabelo e me deu vários murros. O desespero era para que ele saísse de perto de mim", a aluna contou ao G1.

+ Doria pode aumentar valor de indenizações a famílias de Suzano

+ Escola alvo de ataque será reaberta na segunda com atividades especiais

"Quando ele viu que os outros alunos estavam fugindo da escola, ele me soltou e foi atrás dos outros alunos e pegou a machadinha. Foi quando abri a porta com um impulso. Acho que ele não esperava que alguém fosse correr até ele e ele não esperava que os outros alunos fossem sair. Ele até tentou segurar alguns deles", complementou.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório