Meteorologia

  • 17 AGOSTO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

3 dicas para melhorar os investimentos em renda fixa

Conhecer o perfil é o primeiro passo para investir bem o seu dinheiro

3 dicas para melhorar os investimentos em renda fixa
Notícias ao Minuto Brasil

09:44 - 28/03/19 por Notícias Ao Minuto

Economia Poupança

Escolher o melhor investimento entre tantas possibilidades não é tarefa fácil, especialmente para quem decidiu aplicar seu dinheiro pela primeira vez. As dicas do PoupaBrasil, única fintech especializada em renda fixa no país, vão ajudar o investidor na busca de aplicações seguras e rentáveis, fugindo da tradicional caderneta de poupança.

+ 3 segredos para se diferenciar da concorrência e aumentar o faturamento

Saiba qual o seu perfil

Para fazer escolhas certas, é importante saber: você busca rendimento certeiro, ou prefere arriscar em investimentos voláteis? Saber quanto pode investir e quanto tempo é preciso para alcançar seus propósitos é essencial – seja para planejar um casamento, a viagem dos sonhos, abrir o próprio negócio ou garantir uma aposentadoria tranquila.

Busque uma forma de investir simples e segura

Um bom investimento deve ser feito com segurança e sem burocracia. O PoupaBrasil, fintech de investimentos mais bem avaliada pelos clientes no ranking do Yubb, oferece títulos de renda fixa de instituições financeiras reguladas pelo Banco Central. Todos os investimentos através do PoupaBrasil possuem a garantia do Fundo Garantidor de Créditos – FGC, até o limite de R$ 250 mil por CPF e instituição financeira.

Invista em modalidades como o RDB e as Letras de Câmbio

Ao optar por renda fixa, o investidor tem a garantia de que seu dinheiro vai render bem acima da poupança, e pode até simular qual o valor que terá após o resgate. Quem investe, por exemplo, R$ 10 mil via LC no PoupaBrasil, poderá resgatar cerca de R$12.600(*) ao final de 3 anos, enquanto a poupança permitiria o saque de cerca de R$11.400(*), diferença significativa para quem precisa rentabilizar seu dinheiro de verdade.

Fuja da poupança

É importante que, especialmente os investidores de caderneta de poupança, busquem aplicações mais rentáveis. "Essa modalidade apresenta um rendimento muito pequeno. Sobre isso ainda pesam taxas e tarifas cobradas pelos grandes bancos e a rentabilidade que já era mínima fica menor. Queremos que o investidor aprenda a fazer o melhor para seu bolso e não para o seu gerente", destaca Cláudio Ferro, CEO do PoupaBrasil.

O executivo observa que há um movimento diferente em relação a investimentos. As retiradas de recursos da poupança superaram os depósitos em R$ 11,232 bilhões em janeiro deste ano, segundo o Banco Central - a maior retirada em meses de janeiro desde 2016.

Campo obrigatório