Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Torcida grita 'bicha' para argentino e CBF deve ser multada novamente

Em outro jogo, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) foi multada em US$ 15 mil (R$ 57 mil) por gritos homofóbicos

Torcida grita 'bicha' para argentino e CBF deve ser multada novamente
Notícias ao Minuto Brasil

06:20 - 03/07/19 por Folhapress

Esporte Estádio

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Parte dos torcedores brasileiros que acompanham a partida entre Brasil x Argentina na noite desta terça (2), no Mineirão, gritou bicha quando o goleiro argentino Armani cobrava os tiros de meta. A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) já foi multada em US$ 15 mil (R$ 57 mil) pelos gritos homofóbicos iguais que parte da torcida gritou na abertura da Copa América, dia 14 de junho, quando o Brasil venceu a Bolívia por 3 a 0 no Morumbi.

O Tribunal de Disciplina da Conmebol decidiu pela punição em um movimento pouco usual na confederação sul-americana, que costuma dar de ombros para casos parecidos alegando que é a cultura do futebol sul-americano proferir alguns gritos como esse. Em 2016, quando a Fifa estava punindo diversas confederações por gritos como esse, entre elas a CBF, a Conmebol chegou a pedir que as multas parassem com a alegação de cultura.

A Fifa, porém, tem sido mais rigorosa em casos de racismo e homofobia. Nas próximas eliminatórias, para a Copa-2022 no Qatar, por exemplo, os árbitros estão orientados até a parar os jogos em casos mais graves. Há no protocolo agora, inclusive, a possibilidade de se cancelar a partida se os torcedores não pararem com manifestações racistas ou homofóbicas após avisos nos telões.

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório