Meteorologia

  • 19 OUTUBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

'Dr. Bumbum' fazia avaliações de pacientes pelo WhatsApp

Denis Cesar Barros Furtado tem mais de 600 mil seguidores nas redes sociais

'Dr. Bumbum' fazia avaliações de pacientes pelo WhatsApp
Notícias ao Minuto Brasil

05:28 - 18/07/18 por Notícias Ao Minuto

Justiça procedimento

O médico Denis Cesar Barros Furtado, conhecido por Dr. Bumbum, costumava fazer os atendimentos por meio do aplicativo WhatsApp. O suspeito está sendo investigado pela morte da bancária Lilian Calixto, de 46 anos, após um procedimento estético realizado na casa dele no último sábado (14)..

De acordo com o G1, Denis tem mais de 600 mil seguidores nas redes sociais. Os procedimentos estéticos eram oferecidos no Rio, São Paulo e Brasília.

"Você faz tudo por Whataspp. Fala com a Renata, a secretária dele, tudo passado por lá. Você manda foto, faz uma avaliação pelo whatsapp mesmo. Eu acho ele bem carniceiro nessa parte. Chega lá, a avaliação é feita pelo celular então não é uma avaliação 100%, né?", explicou um paciente que não quis se identificar.

+ Sininho e mais 22 são condenados à prisão por protestos no Rio

Notícias ao Minuto

A bancária Lilian morreu neste domingo (15) após passar por um procedimento estético no dia anterior. O caso ocorreu na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. A Polícia Civil e o Conselho Regional de Medicina do Rio (Cremerj) estão investigando a morte.

Notícias ao Minuto

Denis teve a prisão decretada pela Justiça, mas está foragido. Ele já teve oito passagens pela polícia, incluindo homicídio doloso (quando há a intenção de matar). A mãe dele, Maria de Fátima Furtado, também está sendo procurada. A terceira pessoa investigada, Renata Cirne, de 19 anos, que é namorada do médico, foi presa. Ela se apresentava como secretária do médico, mas negou participação na morte de Lilian.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório