Ursinho Pooh é censurado na China; entenda

Autoridades do país asiático estão tentando preservar a imagem do presidente

© CHRIS KEANE/Reuters
Mundo memes 22:23 - 17/07/17 POR Notícias Ao Minuto

Por ser muito usado em memes em que aparece ao lado do presidente chinês Xi Jinping, o popular ursinho Pooh foi censurado nas redes sociais mais utilizadas na China nesta segunda-feira (17).

PUB

+ Apesar do plebiscito, Maduro anuncia que Constituinte será mantida

Como explica a "AFP", no começo do dia ainda era possível publicar a imagem do personagem de desenho animado na rede social Weibo, equivalente chinesa ao Twitter. A frase “Weini xiao xiong” (“O ursinho Pooh”, em chinês) também estava liberada. Mas ao tentar escrever qualquer comentário sobre Pooh, os usuários visualizavam a mensagem: “este conteúdo é ilegal”.

“Pobre ursinho Pooh. Que mal fez esse adorável filhote de urso que ama mel?”, questionou um usuário do Weibo.

A imagem do urso também deixou de ser exibida na galeria de imagens do aplicativo de mensagens WeChat, muito utilizado no país. Contudo, os usuários ainda podem divulgar os próprios GIFs de Pooh.

A medida teria sido adotada para proteger a imagem do presidente, que se prepara para o congresso de outono do Partido Comunista Chinês, no qual Xi Jinping deve obter um novo mandato para continuar comandando o país.

O urso começou a ser usado para ironizar o líder chinês em 2013, quando os internautas sobrepuseram uma imagem de Xi Jinping e do então presidente americano Barack Obama com uma do Pooh e de seu amigo Tigrão.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X