Meteorologia

  • 24 SETEMBRO 2021
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Condeno o vandalismo nas manifestações de hoje, afirma Doria

A Secretaria de Segurança Pública afirma em nota que seis pessoas que portavam objetos como soco inglês e fogos de artifício foram encaminhadas ao 78º DP

Condeno o vandalismo nas manifestações de hoje, afirma Doria
Notícias ao Minuto Brasil

11:56 - 25/07/21 por Folhapress

Política JOÃO-DORIA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em nota divulgada em rede social, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), condenou os manifestantes que depredaram agência bancária e espaços públicos em ato contra Bolsonaro na capital paulista, neste sábado (24). Ele deu aval à ação da PM, que lançou bombas de efeito moral após a arruaça.
Doria, pré-candidato à Presidência, também fez crítica a Bolsonaro em seu pronunciamento, aludindo que "vândalos" que promovem depredações são tão autoritários e violentos quanto aquele que é alvo do protesto.


"Condeno o vandalismo nas manifestações de hoje. Quem age como vândalo é tão autoritário e violento como aquele que é alvo do protesto. Democracia significa dialogo, equilíbrio, jamais baderna. PM de SP agirá sempre que houver quebra da ordem. Ato democrático sim, violência não", escreveu o governador.


O ato em São Paulo foi encerrado após confronto da PM com manifestantes envolvendo bombas de gás lacrimogênio e disparos de balas de borracha. A ofensiva teve início depois que um grupo de participantes quebrou a vidraça de uma agência bancária do Itaú, na rua da Consolação.


Alguns manifestantes encapuzados ainda arremessaram pedras contra os policias e contra a cavalaria da PM -uma delas acertou o motorista de um dos trios elétricos da organização.


A Secretaria de Segurança Pública afirma em nota que seis pessoas que portavam objetos como soco inglês e fogos de artifício foram encaminhadas ao 78º DP para o registro da ocorrência.

Campo obrigatório