Meteorologia

  • 14 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Bebianno deixa presidência do PSL horas após eleição de Bolsonaro

Luciano Bivar (PSL-PE) reassume o cargo do qual se afastou para campanha que o levou a mais um mandato de deputado federal

Bebianno deixa presidência do PSL horas após eleição de Bolsonaro
Notícias ao Minuto Brasil

10:13 - 29/10/18 por Notícias Ao Minuto

Política Futuro governo

O advogado Gustavo Bebianno, de 54 anos, deixou a presidência do PSL na madrugada desta segunda (29) logo após Jair Bolsonaro ser eleito à Presidência da República.

De acordo com informações da revista "Veja", o posto voltará a ser ocupado por Luciano Bivar (PSL-PE), que havia se afastado da direção da sigla para cuidar da campanha que lhe garantiu mais um mandato como deputado federal.

+ Moro pode ser ministro da Justiça ou ir para o Supremo, diz PSL

A saída de Bebianno do cargo foi publicada no Diário Oficial: "Pelo presente instrumento, venho informar que estou retornando às atividades partidárias nesse dia, reassumindo a Presidência Nacional do PSL”, diz trecho da nota assinada por Bivar, datada de sexta (26). A remoção da presidência não acarreta na desfiliação de Bebianno.

Segundo a "Veja", o PSL deverá realizar em novembro uma eleição para reconduzir Luciano Bivar a um novo mandato como presidente.

Já o futuro de Bebianno está indefinido. O advogado foi cotado para ser ministro da Justiça no governo de Bolsonaro, mas seu nome perdeu força. A ex-ministra do STJ Eliana Calmon e o juiz Sergio Moro também foram citados para chefiar a pasta.

Ainda de acordo com a "Veja", questionado sobre qual cargo terá no futuro governo, Bebianno disse que só servirá café no gabinete.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório