Meteorologia

  • 16 JULHO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Caso Taina: suspeito já foi denunciado por ameaçar ex

Luis Fernando Lourenço também já foi condenado por estelionato e é considerado foragido

Caso Taina: suspeito já foi denunciado por ameaçar ex
Notícias ao Minuto Brasil

11:20 - 29/11/18 por Notícias Ao Minuto

Justiça Ficha suja

A ex-companheira de Luis Fernando Lourenço, suspeito de sequestrar Taina de Queiroz Mendes, de 18 anos, e a filha dela, Sofia Helena da Silva, de 8 meses, já registrou boletim de ocorrência contra ele por ameaça.

Taina e Sofia desapareceram em 3 de novembro, em Pilar do Sul (SP). O marido da jovem, Raul Kennedy da Silva, de 19 anos, registrou boletim de ocorrência de desaparecimento, mas acusa o ex-patrão, Luis Fernando, de ter sequestrado as duas.

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Sorocaba passou a tratar o caso como subtração de incapaz, e não mais como desaparecimento, a partir dessa quarta-feira (28).

Ex-companheira do suspeito contou ao 'G1' que foi iludida por Luis Fernando, até que as ameaças começaram.

+ Caso Taina: família vê sinais de ameaça em vídeo de jovem desaparecida

"Conheci o Luis em janeiro deste ano, em Jundiaí, e ficamos juntos por três meses. No início, ele conseguiu me iludir, se apresentou como empresário e conquistou a todos. Fomos morar em Araraquara, mas lá ele passou a ser agressivo. Vivia me ameaçando e não deixava eu falar direito com a minha família", revelou ao site, na condição de anonimato.

Achava estranho algumas coisas, como ele dar nome e documento falso quando era abordado pela polícia. Mas estava iludida e aceitava as desculpas. Quando decidi terminar, ele foi atrás e ficava me ameaçando no portão. Ameaçava me matar e matar minha família."

Ela disse ainda que o ex-companheiro chegou a mantê-la em um hotel em Santos por alguns dias, sem contato com a família.

Um dia fui até São Paulo porque le disse que ia me entregar um óculos e queria conversar. Eu fui. Tomei um suco e ele colocou calmante no suco. Quando acordei estava em Santos. Ele me deixou presa em um hotel, ligou para a minha família dizendo que tínhamos voltado e que estava bem, mas não me deixava falar com ninguém."

Mesmo depois de registrar boletim de ocorrência, a vítima afirma que continuou sofrendo ameaças.

Tivemos que parar em um hotel no meio da rodovia, foi quando consegui ligar para a minha mãe. Em seguida, já registrei boletim de ocorrência. Ele continuou me ameaçando e só parou em julho, quando mandou foto da Taina dizendo que estava apaixonado e tinha encontrado uma pessoa melhor."

De acordo com a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Jundiaí, a ocorrência por ameaça foi registrada no dia 22 de maio. Contudo, a jovem não apresentou representação no período de seis meses.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), Luis Fernando foi preso em 22 de outubro de 2013 por constranger alguém usando de violência. Ele foi solto no dia 23 de outubro.

O órgão informou ainda que o homem já foi condenado por estelionato a cumprir pena de prestação de serviços à comunidade e, como não cumpriu a determinação, é considerado foragido. Agora, ele consta como investigado pelo desaparecimento de Taina e Sofia.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório