Meteorologia

  • 31 MAIO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

O que o chá, o vinho e chocolate têm em comum?

Um novo estudo apurou que o consumo de chá, vinho, chocolate preto e de certas frutas e vegetais pode diminuir significativamente o risco de desenvolver demência.

O que o chá, o vinho e chocolate têm em comum?
Notícias ao Minuto Brasil

14:15 - 19/05/20 por Notícias ao Minuto Brasil

Lifestyle Doenças

Um novo estudo apurou que o consumo de chá, vinho, chocolate preto e de certas frutas e vegetais pode diminuir significativamente o risco de desenvolver demência, e sobretudo o tipo mais comum desta enfermidade - a doença de Alzheimer. E tudo isto se deve ao alto teor de flavonoides presentes nestes alimentos.

Segundo a publicação Live Science, os flavonoides são um grupo de fitonutrientes responsáveis pelas cores vivas dos legumes e frutas, juntamente com os carotenoides. Estas substâncias são igualmente conhecidas pelos seus benefícios para a saúde, tais como a regulação da tensão arterial e dos níveis de açúcar no sangue, contribuírem para uma pele bonita, jovem e protegida, e principalmente por protegerem e melhorarem o funcionamento do cérebro. 

No novo estudo os pesquisadores determinaram como o consumo de dietas ricas em flavonoides ajudou atenuar o risco de demência e de Alzheimer em 2.800 indivíduos, com 50 ou mais anos de idade.

No início da pesquisa, nenhum dos participantes sofria de Alzheimer ou de demência. Contudo, após algum tempo, um número deles foi diagnosticado com essas doenças neurológicas degenerativas. Tendo como base os levantamentos realizados, os pesquisadores apuraram que aqueles que haviam consumido mais alimentos e bebidas ricas em flavonoides diminuíram drasticamente os riscos associados ao declínio cognitivo. 

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório