Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Premiê visita região afetada por chuvas no Japão

Shinzo Abe esteve na região oeste do país nesta quarta-feira

Premiê visita região afetada por chuvas no Japão
Notícias ao Minuto Brasil

16:00 - 11/07/18 por Folhapress

Mundo Shinzo Abe

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, visitou desabrigados nesta quarta-feira (11), na região oeste do país, onde pelo menos 179 pessoas morreram após chuvas torrenciais que causaram inundações e deslizamentos de terra.

Depois de cancelar uma viagem por quatro países, incluindo Bélgica e França, Shinzo Abe deixou Tóquio no início desta manhã para sobrevoar a província de Okayama, uma das mais atingidas, junto com Hiroshima. O premiê também visitou vários lugares afetados e se reuniu em privado com alguns moradores instalados em abrigos. Não deu declarações à imprensa.

Leia também: Chanceleres de países latinos querem respostas dos EUA sobre política

O porta-voz do governo confirmou hoje as 179 mortes e advertiu que há vários desaparecidos na maior tragédia provocada por um fenômeno meteorológico no Japão desde 1982. As autoridades falam em pelo menos nove desaparecidos, enquanto a imprensa já aponta para algo entre 50 e 60.

Agora, as equipes de emergência lutam para encontrar sobreviventes entre os escombros, uma possibilidade cada vez mais remota.

Mais de 10 mil pessoas que abandonaram suas casas permaneciam em abrigos no centro e no oeste do Japão.

As buscas e os trabalhos de limpeza prosseguem sob um intenso sol, com temperaturas previstas de 35º C.

Nas atuais circunstâncias, os socorristas precisam "de uma grande vigilância" pelo risco de insolação e ondas de calor, assim como pela possibilidade de novos deslizamentos de terra, explicou o porta-voz.

As fortes chuvas registradas entre sexta-feira e domingo provocaram grandes inundações, ondas de lama e muitos danos, que deixaram vários moradores bloqueados, apesar das ordens -não obrigatórias- e das recomendações para que milhões de pessoas abandonassem suas casas. Com informações da Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório