Meteorologia

  • 26 MAIO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Após ir a feira do agro, Lula diz que 'tem lado' e governa para mais pobres

"As pessoas privadas de conhecimento e oportunidade nesse país serão tratados como pessoas de primeira categoria. Ninguém será tratado como se fosse de segunda classe", disse Lula

Após ir a feira do agro, Lula diz que 'tem lado' e governa para mais pobres
Notícias ao Minuto Brasil

10:48 - 08/06/23 por Folhapress

Política LULA-SILVA

(UOL/FOLHAPRESS) - O presidente Lula afirmou nesta quarta-feira (7), durante lançamento do novo Farmácia Popular, no Recife, que seu governo "tem lado" e ele governa para os mais pobres.

Lula disse que "respeita todos", mas que seu foco é para "aqueles que estão embaixo". "Nós temos lado. Embora a gente queira governar para todos, é importante todo mundo saber disso. Eu trato todos com respeito, o grande empresário, o grande fazendeiro, o grande banqueiro, mas é importante eles saberem que aqueles que estão embaixo, é para esses que fui eleito e para esses que eu vou governar esse país."

"A Elite brasileira, durante séculos, não deu importância para a formação do povo", afirmou o presidente. "Cuidar do povo pobre desse país a gente não cuida com a cabeça, mas com o coração. Nós queremos lembrar delas depois da eleição, porque é para elas que nós devemos a nossa votação, é para elas, prioritariamente, que vamos governar."

Declarações ocorrem um dia após Lula acenar ao agronegócio em uma feira do setor na Bahia. Em discurso durante o evento, o presidente disse que o conflito entre o agro e pequenos produtores é uma "polêmica maluca".

Ele também defendeu que não se deve "construir rivalidade onde ela não existe".

"As pessoas privadas de conhecimento e oportunidade nesse país serão tratados como pessoas de primeira categoria. Ninguém será tratado como se fosse de segunda classe", disse Lula.

REMÉDIO PARA OSTEOPOROSE E ANTICONCEPCIONAIS GRATUITOS

A nova versão do Farmácia Popular lançada nesta quarta-feira pelo governo passará a oferecer medicamentos para o tratamento de osteoporose e anticoncepcionais de graça à população.

Até então, esses medicamentos eram oferecidos pelo programa com até 50% de desconto.

Mais de 5 milhões de mulheres serão beneficiadas com a retirada gratuita dos medicamentos, segundo o Ministério da Saúde.

Beneficiários do Bolsa Família poderão retirar sem custo qualquer um dos 40 remédios disponíveis no programa Farmácia Popular. Antes da mudança, o rol de gratuidade incluía medicamentos contra diabetes, asma e hipertensão, mas era oferecido apenas desconto para remédios contra dislipidemia, rinite, doença de Parkinson, glaucoma e fraldas geriátricas.

Leia Também: Articulação de Zanin no Senado envolve aliados, evangélicos e até bolsonaristas

Campo obrigatório