Meteorologia

  • 30 MAIO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Homem é preso por importunação sexual dentro de trem em SP

O caso aconteceu pela manhã no Tatuapé, na zona leste de São Paulo, e foi registrado como importunação sexual

Homem é preso por importunação sexual dentro de trem em SP
Notícias ao Minuto Brasil

10:15 - 21/10/23 por Folhapress

Justiça PRISÃO-SP

(FOLHAPRESS) - Um homem de 45 anos foi preso em flagrante nesta quinta-feira (19) sob a suspeita de ter agredido sexualmente uma mulher dentro de um trem da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).

O caso aconteceu pela manhã no Tatuapé, na zona leste de São Paulo, e foi registrado como importunação sexual.

Em nota, a SSP (Secretaria de Segurança Pública) afirmou que o homem foi encaminhado por agentes de segurança da estação à 5ª DDM (Delegacia de Defesa da Mulher), e que foi pedida sua prisão preventiva. Não foram divulgados detalhes dos envolvidos.

A Folha de S.Paulo teve acesso ao boletim de ocorrência. Nele, a vítima afirma que o homem se aproveitou do vagão cheio para esfregar o pênis em seu corpo sem consentimento. Ela disse que já tinha sido agredida de maneira semelhante pelo mesmo homem dentro de um vagão há dois meses, quando ele chegou a ejacular em sua roupa.

Na ocasião, ela afirmou ter prestado queixa na 1ª DDM, localizada no Cambuci, região central de São Paulo, mas ninguém foi preso.

Ao ser interrogado por agentes de segurança nesta terça ainda na estação, o suspeito disse que foi preso em flagrante no ano passado por importunação sexual dentro de um trem. O Código Penal estabelece uma pena de reclusão de até cinco anos para esse tipo de crime.

Em nota a CPTM disse lamentar a agressão à passageira. Afirmou também que ela foi atendida em um local criado para oferecer atendimento humanizado e privado para mulheres vítimas de violência nos trens –o espaço está presente em 33 estações das cinco linhas da companhia.

"Foi a primeira vez que o agressor foi detido dentro da CPTM por esse crime. A companhia vai colaborar com a investigação policial, inclusive, com o resgate de imagens do trem e estação", diz a nota.

De janeiro a setembro de 2023, a CPTM registrou 74 casos de importunação sexual em seus trens e estações, sendo que em 62 deles, a vítimas foi atendida no Espaço Acolher.

Leia Também: Entenda as causas da seca extrema na amazônia

Campo obrigatório