Meteorologia

  • 01 MARçO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Homem armado ameaça jovem negro, e policial não age por estar de 'folga'

A policial alegou que não poderia intervir uma vez que estava de folga, porém ela estava uniformizada

Homem armado ameaça jovem negro, e policial não age por estar de 'folga'
Notícias ao Minuto Brasil

06:45 - 15/11/23 por Folhapress

Justiça São Paulo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um homem ainda não identificado agrediu e ameaçou com uma pistola um jovem no portão de acesso do parque da Juventude, ao lado da estação Carandiru do metrô, na zona norte de São Paulo, na tarde de domingo (12).

Toda a cena foi registrada em vídeo por um repórter fotográfico. O caso foi revelado pela Ponte Jornalismo na segunda (13). As imagens mostram uma policial militar fardada e armada em frente à estação, com os braços cruzados. Ela presencia as ameaças, mas se nega a intervir e chega a chutar o rapaz vítima da ameaça.

O fotógrafo que gravou as imagens então aborda a policial e questiona por que ela não agiu. "Porque eu estou de folga, o procedimento é ligar 190 e pedir viatura", responde ela.

Em nota, a SSP (Secretaria da Segurança Pública) afirma que a Polícia Militar apura o caso e trabalha para identificar o homem armado.

Ainda de acordo com a pasta, "após apuração o caso pode ser tratado como transgressão disciplinar grave, já que o comportamento omisso registrado em vídeo não condiz com as expectativas da sociedade e muito menos com as responsabilidades do profissional de segurança pública, que deve agir prontamente sempre que presenciar um crime, estando ou não em serviço".

A Ouvidoria da Polícia afirma que abriu um procedimento em que pede providências para a Corregedoria da PM e para o Ministério Público.

O autor das imagens, que pediu para não ser identificado, contou à reportagem que descia as escadas da estação Carandiru quando ouviu gritos. Já na rua ele viu um homem armado e um adolescente imobilizado por outras pessoas. Foi nessa hora que decidiu pegar o celular e gravar a cena.

O fotógrafo disse não ter visto como as agressões começaram. A suspeita é de que o jovem, que sangrava na cabeça, tenha cometido um furto. Como a reportagem mostrou, a região registrou alta na quantidade de crimes.

Ainda segundo o fotógrafo, ele resolveu pedir ajuda à policial quando a viu parada na entrada da estação. Ele avisa sobre um homem armado, e a PM diz que ele deve ligar para o 190. Pouco depois a confusão se aproxima de onde está a policial, que chuta o jovem. Na sequência, o jovem agredido corre, enquanto o homem segue com a arma em punho.

O fotógrafo então volta até a PM, que não havia saído do lugar, e pergunta qual é a serventia da Polícia Militar. "Para o que vocês servem?", questiona.

A policial se revolta e o ameaça de prisão. Segundo o fotógrafo, ele chegou a ser agarrado pelo pescoço pela PM.

Campo obrigatório