Meteorologia

  • 25 JUNHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Ataque homofóbico em São Paulo: "Saí da padaria com o nariz sangrando"

Agressora disse que era de uma "família tradicional" e que "os valores estão sendo invertidos".

Ataque homofóbico em São Paulo: "Saí da padaria com o nariz sangrando"
Notícias ao Minuto Brasil

06:48 - 08/02/24 por Notícias ao Minuto Brasil

Brasil Brasil

A polícia está investigando um caso de homofobia que ocorreu na madrugada de sábado, dia 3, em uma padaria em São Paulo.

Um vídeo que mostra uma mulher, identificada como  Jaqueline Santos Ludovico, proferindo ofensas homofóbicas e agredindo um casal de homens que chegava ao estabelecimento após uma festa viralizou nas redes sociais. De acordo com a CNN Brasil, o caso está sendo investigado pela Polícia Civil como "preconceito de raça ou cor" e "lesão corporal", e exames para possíveis lesões nas vítimas foram solicitados.

Em uma entrevista à CNN Brasil, uma das vítimas, Rafael Gonzaga, descreveu o incidente como um pesadelo. Ele relatou: "Ninguém merece passar por uma situação dessas. Ninguém merece viver o que vivemos. Eu estava feliz, só queria descansar e cheguei em casa com o rosto ensanguentado. Saí da padaria com o nariz sangrando".

Rafael explicou que a confusão começou quando tentou estacionar o carro no estabelecimento, e a mulher tentou impedir. Ela colocou-se à frente do veículo, empurrou o retrovisor e proferiu insultos homofóbicos. Depois de ser contida pelo acompanhante, ela continuou com os xingamentos.

Posteriormente, ela arremessou um cone de trânsito em direção ao casal, e a agressão física continuou dentro da padaria. As vítimas afirmam terem sido chutadas e agredidas pela mulher, que proclamava: "Sou homofóbica mesmo, sou da família tradicional, tive educação, não sou igual".

Em seguida, Jaqueline atacou uma das vítimas no rosto com unhas e socos, ameaçando resolver a situação com uma arma que alegava ter no carro. A polícia foi chamada, mas a mulher não foi encontrada em flagrante.

Leia Também: Irmã surpreende irmão com presente emocionante que "homofobia roubou"

Campo obrigatório