Meteorologia

  • 24 JUNHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Polícia Civil fecha fábrica clandestina de azeite no interior de SP

Os policiais foram até a empresa Rouper Distribuidora Ltda depois de conseguir informações com a Vigilância Sanitária, na sexta-feira (17)

Polícia Civil fecha fábrica clandestina de azeite no interior de SP
Notícias ao Minuto Brasil

19:12 - 21/05/24 por Folhapress

Justiça São Paulo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Polícia Civil de São Paulo fechou uma fábrica clandestina de produção e comercialização de azeite em Jacareí, no interior do estado.

Os policiais foram até a empresa Rouper Distribuidora Ltda, na estrada Hondo Japão, depois de conseguir informações com a Vigilância Sanitária, na sexta-feira (17). No local as equipes flagraram a produção do azeite de forma precária, sem condições de higiene. O gerente do estabelecimento não apresentou alvará de funcionamento e foi preso.

O caso foi registrado como falsificação e corrupção ou alteração de produto no 2° Distrito Policial de Jacareí. A reportagem tentou contato com a empresa, por telefone e email, mas não obteve resposta até a publicação deste texto.

Mais de 150 unidades de azeite foram apreendidas, bem como 74 mil rótulos de diferentes marcas, 24,4 mil tampas, 15 mil caixas de papelão, um notebook, dois celulares e diversos documentos.

A origem do óleo, que segundo a polícia era armazenado fora das normas técnicas, não foi informada. O óleo era fracionado e colocado em embalagens com rótulos de marcas conhecidas do mercado.

Outras três pessoas que estavam no local foram questionadas e afirmaram terem sido contratadas havia dois meses, sem conhecimento das irregularidades.

O gerente passou por audiência de custódia e teve concedida a liberdade provisória. Ele vai precisar cumprir medidas cautelares, como comparecimento em juízo a cada dois meses para comprovar suas atividades.

Campo obrigatório