Meteorologia

  • 19 JUNHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Ciclone causa ventos fortes e gera alerta do litoral do RS ao RJ nesta terça (28)

No Rio Grande do Sul, além dos ventos fortes, uma ampla área de baixa pressão afastada da costa gaúcha deverá provocar volumes que podem exceder 50 mm de chuva

Ciclone causa ventos fortes e gera alerta do litoral do RS ao RJ nesta terça (28)

Shutterstock

Notícias ao Minuto Brasil

12:00 - 28/05/24 por Folhapress

Brasil Clima

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um ciclone extratropical em formação em alto-mar poderá provocar ventos de até 80 km/h entre a região sul do país e o Rio de Janeiro, a partir da manhã desta terça-feira (28).

No Rio Grande do Sul, que há quase um mês sofre com tempestades e inundações, além dos ventos fortes, uma ampla área de baixa pressão afastada da costa gaúcha deverá provocar volumes que podem exceder 50 mm de chuva, em uma ampla área que vai do paraná ao sul gaúcho.

No extremo sul do do Rio Grande do Sul, aponta o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), os volumes de chuva podem chegar a 80 mm.

A Defesa Civil estadual alertou para o risco de elevação do nível da lagoa dos Patos, com possibilidade de ressaca nas regiões costeiras.

Na Região Metropolitana de Porto Alegre, a previsão é de chuva fraca isolada. Devido ao deslocamento do ar, a sensação será de frio, aponta o órgão federal -na capital gaúcha, a previsão é de termômetros entre 9ºC e 13ºC nesta terça.

A Defesa Civil municipal afirmou que os ventos fortes também podem elevar o nível do lago Guaíba, além de provocar corte de energia elétrica e queda de postes e árvores.

O nível da água no Guaíba voltou a ficar abaixo dos 4 metros. À 1h desta segunda-feira (27), ele baixou para 3,99 metros no cais Mauá, em Porto Alegre, onde a cota de inundação é de 3 metros. Às 20h estava em 3,85 metros.

Ainda conforme o Inmet, o deslocamento desse sistema de baixa pressão atingirá parte do Sudeste e do Centro-Oeste do país.

Alerta emitido pela Marinha diz que os ventos fortes poderão ser sentidos no litoral entre esta terça e quarta até Arraial do Cabo, no Rio de Janeiro.

O sistema meteorológico, diz a Marinha, poderá provocar ressaca no mar, entre Bertioga (SP) e Arraial do Cabo, com ondas de até 3 metros até quinta-feira (30).

Por causa da previsão de ventos e ressaca, a Defesa Civil paulista também emitiu um alerta para o litoral de São Paulo, sobre os riscos da prática de esportes aquáticos ou influenciados pelos ventos. Não há previsão de chuva na Baixada Santista.

Um dia depois de registrar recorde de trânsito pela manhã, por causa da chuva, a cidade de São Paulo ainda deve ter condições para chuviscos nesta terça, mas no decorrer do dia o tempo melhora e o sol deve aparecer entre muitas nuvens, afirma o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), da Prefeitura de São Paulo.

A massa de ar polar que se encontra no Sudeste mantém as temperaturas baixas, com termômetros variando entre a mínima de 15°C e a máxima de 21°C na capital paulista.

Campo obrigatório