Meteorologia

  • 11 NOVEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Mulher culpa doula por sumiço de cordão umbilical e choca mães

'Por que será que a doula ficou com o cordão do meu filho e não devolve?', questiona Ieda Vieira Campos

Mulher culpa doula por sumiço de cordão umbilical e choca mães
Notícias ao Minuto Brasil

19:10 - 13/01/19 por Notícias Ao Minuto

Brasil Parto

A bióloga Ieda Vieira Campos, de 35 anos, deu à luz a Davi, há 11 meses, com o auxílio de uma doula. Em um relato inusitado em grupos de mãe no WhatsApp, Ieda pediu ajuda para encontrar a profissional, que teria desaparecido com o seu cordão umbilical.

Sem entender o que a doula faria com o cordão, que ela pretendia enquadrar, a mãe faz uma série de perguntas em postagem: "Por que será que a doula ficou com o cordão do meu filho e não devolve? Por que ela não deixou eu ir buscar? O que ela fez com o cordão que é uma parte importante minha e do meu filho? São muitas perguntas sem respostas e eu tenho uma mancha de uma parte da ligação com meu filho que ela levou. Essa mancha escurece o meu parto, que considerei lindo, mesmo com tanto sofrimento".

No grupo em que foi feito o desabafo, as mães ficaram chocadas com o sumiço e disseram para Ieda se conformar.

A doula que fez o parto, Cris dos Anjos, disse à revista 'Crescer' que não conseguiu concluir o trabalho devido a problemas pessoais e de saúde na família. Segundo ela, o quadro era um presente e não estava no contrato. "Eu não consegui ter tempo de ir até lá e agora estou com vergonha do período que passou. Não quis mandar mensagem como pedido de desculpas. Quero entrar em contato com ela para resolver este problema", explicou.

+ Hotéis para pets oferecem suítes privativas, adestramento e até piscina

Veja a íntegra do relato de Ieda:

"Eu engravidei assim que a minha cunhada pariu no SUS, em Belo Horizonte (MG). Lá, ela teve o auxílio de uma doula voluntária. A experiência dela foi tão maravilhosa com esta profissional que ela disse que gostaria de me presentear com uma doula.

Como eu não entendia muito deste universo, entrei em contato com uma amiga aqui de SP que tinha feito curso de doula e pedi para ela ser minha acompanhante. Mas, ela disse que como era enfermeira obstetra, não podia aceitar, mas me indicou uma especialista em SP que trabalhava junto com ela. Eu gostei da doula que ela me indicou e, como não conhecia nenhuma outra, decidi contratá-la até por ser uma indicação. Achei realmente que era uma pessoa confiável.

Durante minha gestação eu não tive problemas com a profissional de nenhum tipo. Como sofro de transtorno de ansiedade, falei bastante com ela pelo WhatsApp. No contrato, havia algumas visitas presenciais antes de eu entrar em trabalho de parto. E, em uma dessas visitas, ela me ofereceu fazer alguma coisa que gostasse com a placenta ou cordão umbilical. Meu marido não concordou que fizéssemos algo com a placenta e, na época, achei melhor descartá-la. Eu não conhecia muito bem a relação da mulher com a placenta e decidi, então, fazer algo com o cordão umbilical para eternizar aquele momento. Avisei a doula, ela me mandou algumas fotos de quadros e pediu para eu escolher.

Quando entrei em trabalho, ela foi até lá e me auxiliou bastante. E, quando meu filho nasceu, disse que iria pegar um pedaço do cordão para fazer o quadro. Foi embora com parte do cordão e eu subi para o quarto. No contrato também dizia que tinha uma visita no pós-parto, mas ela nunca mais apareceu. Entrei em contato com ela algumas vezes, inclusive porque estava com problemas para amamentar e ela foi muito estranha comigo. Disse que se eu não estava aguentando era para eu dar chupeta. Achei grosseiro para uma doula, mas deixei pra lá.

Quando meu filho estava com cinco meses, entrei em contato com ela porque queria o quadro com o cordão. Ela me avisou que estava me devendo uma visita e que iria trazer e conhecer meu filho. Marcou comigo e não apareceu. Pedi para o meu marido entrar em contato, novamente ela disse que iria trazer e nada.

Agora ela parou de responder as mensagens e sumiu. Meu filho está com quase um ano e eu estou muito chateada porque você contrata um profissional desses com um propósito e, mesmo que se não tivesse dado certo, ela deveria ter me avisado. Por que será que ela ficou com o cordão do meu filho e não devolve? Por que ela não deixou eu ir buscar? O que ela fez com o meu cordão? São muitas perguntas sem respostas e eu tenho uma mancha de uma parte da ligação com meu filho que ela levou. Esta mancha escurece o meu parto, que considerei lindo, mesmo com tanto sofrimento."

Campo obrigatório