Meteorologia

  • 21 MAIO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Doria diz que PPPs de presídios em São Paulo começarão ainda em 2019

Quatro presídios em construção serão administrados por empresas, como nos EUA

Doria diz que PPPs de presídios em São Paulo começarão ainda em 2019
Notícias ao Minuto Brasil

15:04 - 18/01/19 por Folhapress

Brasil Governo de SP

O governador de São Paulo, João Doria  (PSDB), anunciou nesta sexta (18) a concessão da expansão do sistema prisional do estado à iniciativa privada por meio de Parcerias Público Privadas.

O estado tem 171 presídios em funcionamento, 12 em construção e há projeto para 3 novos complexos a serem entregues ao longo da gestão.

+ Jovem usa barril para fazer churrasqueira e provoca explosão

Dentre os presídios em construção, quatro serão entregues para a gestão privada após concluídos. Os demais já têm funcionários públicos concursados e, por isso, seguirão o modelo tradicional estatal.

O plano é que, para os três novos complexos, a construção e a administração sejam privadas. Com a expansão, o sistema prisional de São Paulo terá 12 mil novas vagas.

As primeiras concessões acontecerão ainda este ano, mas o governo não deu prazo específico. O edital das PPPs ainda será submetido à consulta pública.

Doria afirmou que a ideia se baseia no modelo norte-americano e na penitenciária de Ribeirão das Neves, em Minas Gerais. 

"O serviço é público, mas não precisa ser estatal", afirmou o vice-governador Rodrigo Garcia (DEM) sobre as parcerias privadas.

Segundo o secretário de Administração Penitenciária, coronel Nivaldo Restivo, a nova gestão irá melhorar a condição de ressocialização dos presos.

"Haverá um aumento da oferta de trabalho e da oferta de educação básica e profissionalizante", disse. Com informações da Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório