Meteorologia

  • 28 MAIO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Vale começa a cadastrar pessoas com parentes mortos ou desaparecidos

Segundo a Vale, o repasse de R$ 100 mil é uma doação

Vale começa a cadastrar pessoas com parentes mortos ou desaparecidos
Notícias ao Minuto Brasil

06:22 - 31/01/19 por Notícias Ao Minuto

Brasil Mineradora

A mineradora Vale começa hoje (31) o cadastro de pessoas que têm parentes mortos ou desaparecidos após o rompimento da barragem Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG). A empresa informou que pagará às famílias R$ 100 mil por pessoa desaparecida ou morta. Segundo a Vale, o repasse é uma doação.

O atendimento começou ontem (30) em dois postos, das 14h às 18h, e prosseguirá das 8h às 18h nos demais dias, prioritariamente na Estação do Conhecimento e no Centro Comunitário do Feijão.

+ Vale apresenta plano para conter rejeitos que vazaram no Rio Paraopeba

De acordo com o porta-voz do Comitê de Respostas Rápidas da mineradora em Brumadinho, Sérgio Leite, estão aptos a receber o repasse famílias de funcionários da Vale, contratados e terceirizados, e membros da comunidade, falecidos ou desaparecidos, conforme lista oficial validada pela Defesa Civil de Minas Gerais e divulgada no site da empresa na última segunda-feira (28).

+ Recursos bloqueados da Vale superam os gastos após tragédia de Mariana

Critérios

A Vale informou que apenas um representante por família poderá se registrar para receber o valor. Serão priorizados inicialmente os responsáveis legais por filhos menores de idade, seguidos de cônjuges ou companheiros em regime de união estável, descendentes e, por último, ascendentes.

+ Vale comprou empresa que elimina necessidade de barragens

“Procuramos organizar de forma bastante criteriosa para garantir o funcionamento adequado. A gente sabe das dificuldades do momento”, disse Sérgio Leite. “É uma doação voluntária da Vale, independentemente de qualquer outra providência ou reposição.”

+ Vale se comprometeu a desativar barragens críticas, diz ministro

A mineradora ressaltou que, no momento do registro, será necessário apresentar a documentação comprobatória de vínculo familiar e dados pessoais originais e atualizados (nome completo, RG, CPF, data de nascimento, endereço completo, e-mail, telefone e dados bancários).

+ Lama em Brumadinho destrói área equivalente a 377 campos de futebol

Segundo ele, três canais telefônicos podem ser utilizados para tirar dúvidas quanto ao processo de registro: 0800 031 0831(Alô Brumadinho), 0800 285 7000 (Alô Ferrovias) e 0800 821 5000 (Ouvidoria da Vale). Com informações da Agência Brasil.

Campo obrigatório