Meteorologia

  • 30 MAIO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Como condenação máxima de armeira por morte de diretora pode afetar Baldwin

O julgamento de Baldwin está marcado para 10 de julho

Como condenação máxima de armeira por morte de diretora pode afetar Baldwin

Getty Images

Notícias ao Minuto Brasil

21:36 - 16/04/24 por Folhapress

Fama Justiça

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Hannah Gutierrez, principal responsável pelas armas do filme "Rust", foi condenada a 18 meses de prisão pela morte de Halyna Hutchins.

A diretora de fotografia foi baleada quando o ator Alec Baldwin disparou uma arma durante as filmagens do longa em 2021.

SENTENÇA PODE AFETAR ALEC BALDWIN

A decisão demonstra a possível sentença que o ator pode receber se for considerado culpado em seu julgamento. Os advogados do artista entraram com recurso para que o juiz rejeite as acusações.

Testemunhas da defesa de Hannah afirmaram que Baldwin não fez todo o treinamento necessário para manusear armas no set. O temperamento "descontrolado" do artista também foi apontado como algo que complicou as gravações.

A defesa de Hannah alegou que o ator controlava o set e violou regras de segurança básicas no manuseio de armas. A acusação busca condená-lo por homicídio culposo, por supostamente não garantir que a arma não estava carregada com balas.

Baldwin alega que confiou nos profissionais contratados para manusear as armas, e que estes lhe garantiram que o revólver usado para ensaiar a cena não estava carregado.

O QUE ACONTECEU

Em março, Gutierrez, 27, foi considerada culpada de homicídio culposo. Ela carregou uma munição verdadeira por engano em um revólver que Baldwin estava usando no set de filmagens em Santa Fé, no Estado norte-americano do Novo México.

"Você transformou uma arma segura em uma arma letal", disse a juíza Mary Marlowe Sommer para Gutierrez ao apresentar a sentença.

Em ligações por vídeo e no tribunal durante a audiência, amigos de Hutchins homenagearam sua criatividade e bondade. Eles também criticaram as violações de protocolos de segurança de armas de fogo por Gutierrez.

"Não foi um acidente, foi negligência", afirmou Jen White, uma colega da indústria cinematográfica.

O tiro chocou Hollywood. Acredita-se que foi a primeira vez em tempos modernos que um membro de uma equipe de filmagem ou do elenco foi morto por munição verdadeira acidentalmente carregada em uma arma.

O julgamento de Baldwin está marcado para 10 de julho, após um grande júri indiciá-lo sob acusação de homicídio culposo em janeiro.

O advogado de Gutierrez, Jason Bowles, havia solicitado que ela recebesse liberdade condicional. No entanto, os procuradores defenderam os 18 meses completos devido à falta de contrição.

"Eu imploro, por favor, não me deem mais tempo", disse Gutierrez ao tribunal. Ela afirmou que seu "coração doía" pela família de Hutchins. "O júri me considerou culpada pela tragédia, mas isso não me torna um monstro, isso me torna um ser humano."

Em uma ligação de vídeo de Kiev, a mãe ucraniana da diretora de fotografia lamentou a morte da filha e o fato de seu jovem neto, Andros, ter ficado sem mãe. "Perder uma filha é a coisa mais difícil", disse Olga Solovey, em comentários traduzidos ao inglês por legendas.

A promotora Kari Morrissey mencionou ligações telefônicas de Gutierrez da prisão. Segundo a promotoria, nas ligações ela afirmou que os jurados eram "idiotas", que a juíza havia "sido paga" e em que ela continuava culpando Baldwin e outros pelo tiro.

Receba as notícias dos famosos, novelas, BBB e outros reality shows.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de actores, actrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório