Meteorologia

  • 24 NOVEMBRO 2017
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 10º

Edição

Após repercussão, William Waack nega ter feito comentário racista

Em conversa com pessoas próximas, apresentador disse não se lembrar de diálogo

Após repercussão, William Waack nega ter feito comentário racista
Notícias ao Minuto Brasil

19:56 - 08/11/17 por Notícias Ao Minuto

Fama polêmica

O apresentador William Waack ainda não se pronunciou oficialmente sobre um vídeo que viralizou nas redes sociais nesta quarta-feira(8), em que o jornalista aparece fazendo um comentário considerado racista. No entanto, de acordo com o BuzzFeed News, ele teria falado a pessoas próximas que não se lembra exatamente do que disse no momento, mas que a fala não teve cunho discriminatório.

De acordo com a reportagem, a gravação aparece há exatamente um ano, em 8 de novembro de 2016, durante a cobertura da vitória Donald Trump na eleição presidencial norte-americana.

Waack está acompanhado de Paulo Sotero, diretor do Wilson Center — centro de estudos de geopolítica — em Washington. Na rua, um carro buzina, e o jornalista faz o seguinte comentário: "Tá buzinando por que, ô seu merda do cacete? Deve ser um aqueles… Não vou nem falar de quem, eu sei o que é… Sabe o que é, né?".

Em seguida, ele se vira para Sotero e continua:

Waack: "Preto, né?"

Sotero: "Ahn?"

Waack: "Preto, né? Sabe o que é isso? É coisa de preto…"

Sotero: "Sim."

Waack: "Com certeza."

+ Justiça aceita recurso do Google em ação contra Gusttavo Lima

Em entrevista ao site, Sotero disse não se lembrar do diálogo. "Eu acho que o William não é assim. Eu, certamente, não sou assim — repudio racismo", disse ele.

Até o momento, a Rede Globo não se pronunciou sobre o caso.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, novelas, BBB e outros reality shows.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de actores, actrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório