Meteorologia

  • 21 ABRIL 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Jovem morre atropelada após ser agredida e deixada na rua por seguranças

A tragédia aconteceu na madrugada de domingo (28), numa cidade da região oeste do Paraná

Jovem morre atropelada após ser agredida e deixada na rua por seguranças
Notícias ao Minuto Brasil

15:12 - 29/05/23 por Notícias ao Minuto Brasil

Justiça Paraná

Uma mulher de 28 anos foi agredida por seguranças de uma discoteca e deixada inconsciente na rua, onde foi atropelada, na cidade de Cascavel, na região oeste do Paraná.

O caso aconteeu na madrugada de domingo, dia 28. As imagens exibidas pela TV Globo mostram que uma mulher foi agredida por seguranças de uma boate em Cascavel e morreu atropelada após ser deixada sem sentidos no meio da rua.

As primeiras imagens, às 4h32, relata o UOL, mostram Daiane de Jesus Oliveira sentada em frente da discoteca. Um homem empurra-a e aponta a luz de uma lanterna para o rosto dela.

Depois, pontapeia uma garrafa que a mulher tinha e, em resposta, ela o agarra pelas costas. Ele lhe dá um soco e a empurra e duas pessoas com uniforme de segurança aparecem.

Um deles entra em cena e o homem que começou as agressões empurra-a. Ela cai no chão e fica deitada no meio da rua. Um motociclista passa pelo local e desvia-se da mulher.

Cinco pessoas que estavam na discoteca saem e veem um carro em alta velocidade na direção do corpo e fazem sinal ao motorista que acelera, passa ao lado do grupo e por cima do corpo da mulher. 

Segundo a TV Globo, foi arrastada por 70 metros e morreu na hora. O carro já foi identificado, mas não se sabe quem era o motorista. Os seguranças que agrediram a mulher e o grupo que testemunhou o atropelamento serão ouvidos na investigação. 

Segundo o delegado Diego Ribeiro Martins dos Santos, que investiga o caso, o motorista pode responder por homicídio.
  
Sobre os seguranças que aparecem nas imagens, o delegado disse que estes "criaram risco à vítima no momento em que deixam ela no chão".

Campo obrigatório