Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2017
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 10º

Edição

Rainha de bateria de escola campeã é morta a tiros

Paola Serpa Severo, de 33 anos, foi assassinada em Cachoeirinha, na Região Metropolitana de Porto Alegre

Notícias ao Minuto Brasil

12:51 - 17/02/17 por Notícias Ao Minuto

Justiça RIO GRANDE DO SUL

A rainha de bateria da escola de samba Imperatriz Dona Leopoldina, atual campeã do carnaval de Porto Alegre, foi assassinada a tiros em Cachoeirinha, na Região Metropolitana. O crime, investigado pela Polícia Civil do Rio Grande do Sul, ocorreu na noite desta quinta-feira (16). A suspeita principal até agora é latrocínio, que significa roubo seguido de morte.

De acordo com o G1, o assassinato aconteceu em frente a um condomínio na Avenida Obedy Cândido Vieira. Paola estava com o carro dela estacionado à espera da filha de 7 anos de idade, que estava na aula de música. Nesse momento os criminosos chegaram.

Segundo o delegado Newton Martins, a polícia está ouvindo testemunhas e por ora não descartou nenhuma possibilidade. "A princípio ela estava sozinha no carro. Mas estamos investigando. Não descartamos nenhuma possibilidade. Ali fica próximo a um condomínio, que pode ter alguma câmera", disse.

A criança não estava no carro com a mão quando o crime aconteceu. O bando escapou sem levar pertences da vítima. Antes da tragédia, a rainha de bateria fez uma postagem nas redes sociais, se dizendo uma pessoa feliz.

"Eu sou feliz por isso. Vivo intensamente sem sequer pensar na opinião dos outros", escreveu Paola, que assumiu o cargo de rainha da Imperatriz em 2016, ano que a escola conquistou o carnaval da capital gaúcha.

Leia também: Menor suspeito de esquartejar 75 gatos diz que gosta de ver mortes

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório