Meteorologia

  • 30 MAIO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Professora forja próprio sequestro para chamar atenção da família

A polícia, desde o início, desconfiou pelo fato do valor exigido, R$ 2 mil, e a suposta vítima manter contato com a família por aúdio

Professora forja próprio sequestro para chamar atenção da família
Notícias ao Minuto Brasil

18:27 - 11/05/17 por Notícias Ao Minuto

Justiça 'brincadeira'

Após forjar o próprio sequestro, uma professora foi presa, nessa quarta-feira (10), em Sobral, no Ceará. Daiane Souza Silva, de 23 anos, que é educadora de uma escola da rede municipal de ensino do município, pediu recompensa de R$ 2 mil pelo resgate. Também foi preso o cúmplice da mulher, que seria o dono do imóvel, Michel Platini Farias Rodrigues. A polícia, desde o início, desconfiou pelo fato de o valor ser baixo e a suposta vítima manter contato com a família por aúdio.

"Ela ligou para a família e disse aos prantos que tinha sido sequestrada e que por isso não tinha chegado à casa do namorado. Nós só soubemos do suposto sequestro no dia seguinte, por volta das 7h, quando a irmã dela veio até a delegacia registrar a ocorrência", afirmou, ao Extra, o inspetor Leonardo Menezes, da Delegacia Municipal de Sobral.

Ele ainda acrescentou que no celular dela tinham fotos de Daiane amordaçada e áudios dos supostos sequestradores. "Logo em seguida, saímos em diligências para encontrá-la. Achamos a Daiane no fim do dia", complementou Menezes. Em depoimento, Daiane disse que a família a menosprezava e que o sequestro era uma forma de fazê-los dar atenção a ela.

Os suspeitos vão responder pelo crime de extorsão qualificada. A pena varia de quatro a dez anos.

LEIA TAMBÉM: Tiroteio na Zona Norte do Rio deixa duas pessoas mortas

Campo obrigatório