Mulher conta ao marido que foi estuprada e ele pede o divórcio

Companheiro comunicou o divórcio por meio de uma mensagem de celular com a palavra "talaq", escrita três vezes

© DR
Mundo Índia 19:38 - 27/11/15 POR Notícias ao Minuto

Uma mulher de 25 anos, que mora na Índia, criou coragem e contou ao marido que foi vítima de um estupro coletivo. No entanto, como conta O Globo, o marido não gostou da notícia.

PUB

Ele trabalha na construção civil em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e optou por enviar uma mensagem de celular para a esposa com a palavra "talaq" escrita três vezes. Segundo a publiacação, esta é a forma definida pela Sharia, a legislação islâmica, para a comunicação de divórcio.

Além disso, a indiana que foi abusada também foi expulsa da casa em que morava e a sogra, de 70 anos, ficou com a guarda do seu filho, de 4 anos, noticiou o "Daily Mail".

"Quando li a mensagem fiquei paralisada. Não podia acreditar no que estava lendo. Apenas três palavras: talaq, talaq, talaq", disse a indiana.

"Essa era a última coisa que eu esperava do meu marido de cinco anos depois que confidenciei a ele o que havia ocorrido. Eu me senti violentada. Pensei que ele fosse ficar do meu lado, para me ajudar a superar a dor. Mas estava errada", refletiu.

A mulher foi morar na casa dos pais, em Meerut (Uttar Pradesh, Índia). A família do ex-marido aprovou o divórcio do casal.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X