Meteorologia

  • 23 FEVEREIRO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Mulher de médico agride paciente durante exame ginecológico no Recife

A vítima relatou que as agressões verbais começaram quando se despiu para a realização do exame

Mulher de médico agride paciente durante exame ginecológico no Recife
Notícias ao Minuto Brasil

08:48 - 02/11/23 por Notícias ao Minuto Brasil

Brasil Polémica

Uma jovem de 20 anos foi agredida, na segunda-feira, pela mulher de um médico durante um exame ginecológico numa clínica na Grande Recife.. A vítima chegou a pedir à mulher para sair do consultório antes da realização do exame, mas o pedido não foi atendido.

"Quando me deitei na maca pedi para ela sair, porque me senti desconfortável pela forma como ela falou comigo", afirmou Amanda Oliveira. A vítima relatou ao G1 que as agressões verbais começaram quando se despiu para a realização do exame. "Quando estava tirando as calças, ela disse que era para eu ter ido de saia e que eu não tinha modos", afirmou Amanda.

As agressões foram filmadas pela vítima, que alega que começou a gravar o momento depois de a agressora, que também é médica mas não exercia funções na clínica, ter tocado nela sem autorização, durante a realização do exame. No vídeo é possível ver que a médica ordenou que a paciente se vestisse e fosse embora. "Saia daqui", repetiu várias vezes.

Esta foi a segunda vez que a paciente foi à clínica. Há 15 dias já lá tinha estado para fazer o mesmo exame. "A primeira vez foi super tranquila. Ele [o médico] deixou-me à vontade e a auxiliar também", referiu Amanda.

A vítima revelou que os funcionários da clínica acusaram a agressora de ser "problemática" e de já ter criado confusões em outras situações. "Fiquei muito nervosa, porque eu cheguei e fiz o que tinha que fazer", revelou a paciente que admitiu que a situação a deixou muito constrangida.

O médico foi afastado da clínica e a segurança reforçada no local. O caso está sendo investigado pela polícia.

Leia Também: Marido mata esposa influencer enquanto ela dormia no interior em SP, diz polícia

Campo obrigatório