Meteorologia

  • 22 ABRIL 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Mãe é acusada de matar os 4 filhos: "Vivam como se fosse o último dia"

Incêndio teve início num lençol

Mãe é acusada de matar os 4 filhos: "Vivam como se fosse o último dia"
Notícias ao Minuto Brasil

05:43 - 23/02/24 por Notícias ao Minuto Brasil

Mundo EUA

Uma professora do Missouri, nos Estados Unidos, é apontada como a causadora de um incêndio que resultou em sua própria morte e na perda dos quatro filhos, pouco depois de compartilhar uma publicação encorajando todos a "viverem como se aquele fosse o último dia".

A tragédia ocorreu na manhã de segunda-feira, quando um incêndio devastador atingiu a residência, ceifando a vida de Bernardine Prueener e de seus filhos, Elli e Ivi, ambos com 9 anos, Jackson, de cinco anos, e Millie, de dois.

Nesta quarta-feira, a polícia informou que se tratava de um caso de homicídio seguido de suicídio. Conforme apurado, a mãe das crianças teria provocado o incêndio, começando por atear fogo a um lençol. Uma nota foi encontrada, na qual a professora detalhava os motivos que a levaram a tirar a vida de toda a família, embora o conteúdo da mensagem não tenha sido divulgado.

Sua última postagem no Facebook dizia: "Todos os meus filhos, dormindo pacificamente na minha cama. Aninhados uns nos outros, sabendo que são amados de forma tão intensa que sou capaz de qualquer coisa por eles."

De acordo com o NY Post, a mulher estava envolvida em disputas com os pais das crianças. Em 2017, Bernardine se divorciou do pai das filhas gêmeas, compartilhando a guarda das meninas. Recentemente, no entanto, o ex-marido expressou o desejo de obter a guarda absoluta das duas. O pai dos dois filhos mais novos também questionava constantemente a qualidade dela como mãe.

Após o incidente, Jared Spader e David Pruessenet, pais das crianças, divulgaram um comunicado conjunto: "Como pais, neste momento, precisamos nos concentrar em honrar a vida de quatro lindas almas, e planejamos fazer isso juntos", escreveram.
 
Leia Também: Quatro mortos e 14 desaparecidos; o que se sabe da tragédia em Valência

Campo obrigatório