Meteorologia

  • 25 JUNHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Nikki Haley deve anunciar desistência das primárias republicanas nos EUA

Isso deixa o ex-presidente Donald Trump como o único candidato no caminho para se tornar o indicado para as eleições de 05 de novembro

Nikki Haley deve anunciar desistência das primárias republicanas nos EUA
Notícias ao Minuto Brasil

09:20 - 06/03/24 por Notícias ao Minuto Brasil

Mundo EUA/Eleições

A candidata Nikki Haley deverá anunciar hoje mesmo a sua retirada da corrida nas primárias presidenciais republicanas nos EUA, após sofrer derrotas em 14 dos 15 estados que foram às urnas na terça-feira.

Segundo fontes da campanha de Haley, citadas por várias fontes de notícias norte-americanas, ela decidiu abandonar a corrida presidencial e fará o anúncio formal de sua desistência ainda hoje. Isso deixa o ex-presidente Donald Trump como o único candidato no caminho para se tornar o indicado para as eleições de 05 de novembro.

Os presidentes atual e anterior dos Estados Unidos, Joe Biden e Donald Trump, saíram vitoriosos da "Super Terça-Feira", conquistando quase todos os delegados em disputa nas primárias democratas e republicanas.

Com mais de 80% dos votos apurados em 13 dos 15 estados e um território nesta "Super Terça-Feira", Donald Trump já assegurou 722 delegados republicanos, em comparação com apenas 46 da sua única adversária, a ex-embaixadora Nikki Haley, conforme dados divulgados pela mídia norte-americana.

Trump já tem garantidos 885 delegados dos 1.215 necessários para assegurar sua escolha na convenção do Partido Republicano, agendada para julho.

Apesar de tudo, Nikki Haley conseguiu evitar que Trump ganhasse em todos os estados nesta "Super Terça-Feira", infligindo-lhe uma derrota no estado de Vermont, embora tenha conquistado apenas 46 delegados, totalizando 89.

Com sua retirada, resta saber se Haley manifestará apoio à candidatura de Trump, assim como o governador Ron DeSantis e o empresário Vivek Ramaswamy fizeram recentemente, entregando seus delegados ao ex-presidente.
 
Leia Também: Trump confirma favoritismo em Super Terça sem surpresas e ganha em 11 estados


 
 

Campo obrigatório